Contraprova de Carneiro ratifica presença de substância da cocaína em exame

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

07-06-2019 18:32:43

A contraprova do exame antidoping de Gonzalo Carneiro deu positivo. O jogador do São Paulo, suspeito de uso de cocaína, pediu para que a amostra de sua urina fosse analisada novamente após o primeiro resultado e mais uma vez constou na análise a presença da substância proibida pela ABCD (Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem).

Gonzalo Carneiro já havia tido seu contrato com o São Paulo suspenso por conta do caso. Agora, com a confirmação do resultado inicial do exame antidoping, o jogador aguardará julgamento para descobrir qual será sua punição. Ele pode ficar até dois anos longe dos gramados.

Gonzalo Carneiro deverá sofrer dura pena após testar positivo em exame antidoping (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

A coleta da urina de Carneiro aconteceu após a derrota do São Paulo para o Palmeiras, por 1 a 0, no Pacaembu, ainda na primeira fase do Paulistão. Com o resultado do exame, o jogador passou a cumprir suspensão preventiva e, posteriormente, foi afastado do dia a dia do elenco comandado por Cuca.

Na época em que o caso estourou, o empresário de Gonzalo Carneiro alegou que o seu cliente vinha enfrentando depressão, conforme relatou em entrevista à uma rádio uruguaia. O técnico Cuca, logo em seus primeiros dias de trabalho, também confessou que havia notado o atacante meio cabisbaixo, mas pensava ser algo que fazia parte de sua personalidade.

Com contrato válido até março de 2021 com o São Paulo, Gonzalo Carneiro deverá perder boa parte desse tempo cumprindo a pesada pena que deverá receber em julgamento. O Tricolor irá estudar quais medidas serão tomadas em relação ao caso.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário