Ceni vê duelo equilibrado e reclama do gramado do Engenhão: “Difícil de jogar”

São Paulo, SP

16-06-2022 19:34:22

O técnico Rogério Ceni analisou o confronto entre São Paulo e Botafogo desta quinta-feira após a derrota sofrida por 1 a 0 no Engenhão. O comandante tricolor também aproveitou para reclamar do estado do gramado, crendo que, graças a isso, o jogo acabou perdendo qualidade.

“O São Paulo jogou bem Contra o Coritiba fora de casa, jogou bem contra o Corinthians fora de casa. Fez bons jogos. Hoje aqui o gramado atrapalhou o jogo como um todo, virou uma briga, uma competição, uma luta mesmo dentro de campo para ver quem conseguia ficar com a bola’, disse Ceni.

“Acho que foi um jogo bem parelho, bem equilibrado, relativamente ruim, porque nenhuma das duas equipes oferecia condições. Botafogo hoje numa formação bem diferente, com três zagueiros, apostou em uma equipe muito forte. Em sua oportunidade fez o gol. Criamos pouco, mas também não deixamos de lutar, não baixamos a cabeça em momento nenhum. Só não tivemos as oportunidades de gol. Foi um jogo muito truncado, muito parelho, muito físico. Alguns jogadores tecnicamente um pouquinho abaixo hoje, mas competimos. Acho que tem muitos times parecidos, parelhos, dentro do campeonato”, prosseguiu.


Para essa partida, o treinador do São Paulo modificou a escalação após ela ser divulgada, sendo surpreendido pelo fato de o Botafogo ir a campo com três zagueiros. Com a estratégia ousada de Luís Castro, Rogério Ceni optou por sacar o volante Gabriel Neves e promover a entrada do zagueiro Diego Costa, espelhando o esquema usado pelo adversário.

“Teve a ver com essa mudança do Botafogo, sim. Nós tínhamos treinado os dois sistemas. Quando troquei o Gabriel pelo Diego, fiz questão de comunicar o Botafogo no minuto que trocamos para que não existisse nenhum contratempo, para que não fossem pegos de surpresa com a escalação”, explicou Ceni.

Com o sistema defensivo reforçado, o Botafogo não deu espaços para o São Paulo agredir e ainda contou com o mau estado do gramado como reforço. Assim, bastou os donos da casa serem eficientes em uma das poucas chances de gol para sair com a vitória.

“Time bem fechado, o gramado, para quem ê na tv, não tem a mesma noção de quem está no campo, mas estava difícil de jogar, o jogo vira muito pegado, pouco espaço para jogar. Numa bola parada, que eu achei que poderia ser um ponto que poderíamos sofrer, mas em uma bola parada ofensiva, acabamos perdendo a segunda bola, e o Botafogo teve a oportunidade de cortar pra dentro e fazer o gol. Jogo com poucas oportunidades de gol, muito brigado, poderia ser 1 a 0 tanto pra um quanto pra outro”, concluiu.

Deixe seu comentário