Gazeta Esportiva

Ceni elogia defesa do São Paulo e mostra otimismo: “Ano com expectativa”

São Paulo, SP

22/01/23 | 19:51

Aniversariante do dia, o técnico Rogério Ceni deixou o Allianz Parque satisfeito com o desempenho do São Paulo, sobretudo na parte defensiva. Apesar de contar com um elenco menos qualificado comparado ao Palmeiras, o comandante tricolor viu sua equipe neutralizar as investidas dos rivais na maior parte do jogo para garantir o empate fora de casa, com mais de 40 mil palmeirenses nas arquibancadas.

Passada a partida, Rogério Ceni fez questão de ressaltar o bom trabalho defensivo de sua equipe no clássico deste domingo e mostrou um certo otimismo ao projetar a temporada, isso, é claro, se a diretoria também contratar os jogadores que o treinador tanto vem pedindo para “fechar o elenco”.

“No ano passado, se não me engano, sofremos seis gols nos primeiros três jogos. Nesse ano, só sofremos um gol. Para se defender um pouco mais, você abre mão de mais um jogador ofensivo. Estamos cumprindo esse desempenho. Vamos ver se, além de sermos melhores defensivamente, conseguimos balançar as redes mais vezes. Jogando fora de casa, contra o Palmeiras, uma equipe mais pronta, sem alterações, a gente com uma alteração grande de sistema de jogo e de jogadores, é um ponto que deve ser valorizado. Foi um jogo parelho. O empate é um resultado que diz o que foi o jogo”, comentou Rogério Ceni.


De fato, a partida foi bastante equilibrada. De acordo com o Sofascore, o Palmeiras finalizou 14 vezes no gol adversário, contra 12 chutes do São Paulo. A partida terminou com 50% de posse de bola para cada lado.

Justamente pelo fato de o São Paulo não ter tido um desempenho ruim no primeiro grande teste do ano, Rogério Ceni demonstrou um certo otimismo ao projetar a temporada de sua equipe. Mas voltou a insistir na necessidade de contratar, ao menos, mais dois atletas: um lateral-esquerdo e um centroavante.

“Hoje o torcedor vê um time competitivo, são poucas coisas para melhorar. Ainda temos algumas coisas para trabalhar, como posicionamento defensivo, já estamos melhorando. Uma peça ou outra que chega, os jogadores que ficaram no clube vão amadurecendo, criando casca. Acho que pode ser um ano com expectativa, como foi o ano passado, com possibilidade de finais, de jogar de igual para igual com nossos principais adversários”, concluiu.

O São Paulo volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, quando recebe a Portuguesa, no Morumbi, às 21h30 (de Brasília). Depois, no domingo, o Tricolor disputará seu segundo clássico do ano, contra o Corinthians, novamente em casa, às 18h30.

Deixe seu comentário