Justiça americana decide liberar goleiro Jean, acusado de agredir esposa

São Paulo, SP

19-12-2019 16:34:52

O goleiro Jean, do São Paulo, será liberado da prisão em Orlando, nos Estados Unidos, ainda nesta quinta. Ele está detido desde a manhã de quarta-feira, acusado de agredir sua esposa durante as férias do casal.

Após audiência de julgamento, a justiça decidiu liberar o jogador, que teve seu registro atualizado no site da polícia americana.

Ficha policial de Jean atualizada, sem as acusações (Foto: Reprodução)

Entenda o caso

Acusado de agressão pela sua esposa, o goleiro Jean, do São Paulo, foi detido pela polícia de Orlando, nos Estados Unidos, na manhã desta quarta-feira. A ficha do atleta foi divulgada pelo Departamento de Correções do Condado de Orange, na Flórida.

De acordo com as informações da ficha, Jean foi detido às 7h27 (horário de Orlando) e pré-sentenciado por violência doméstica. Conforme a lei dos Estados Unidos, o atleta conta com o pressuposto de inocência.

As acusações de Milena Bemfica ocorreram na madrugada desta quarta-feira, por meio de publicações no Instagram. Ela divulgou vídeos mostrando ferimentos no rosto e pedindo ajuda: “Eu estou aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude! Jean acabou de me bater. Gente, socorro!”.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Algumas horas após as denúncias, Milena divulgou novos vídeos para tranquilizar as pessoas que demonstraram preocupação. O casal viajou para Orlando ao lado das duas filhas e publicou fotos nos parques temáticos nos últimos dias.

O São Paulo se manifestou sobre o ocorrido, apontando que vai apurar os fatos para tomar as medidas cabíveis. O clube ressaltou que não abrirá mão de seus princípios.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Confira a nota oficial divulgada pelo São Paulo:

O São Paulo comunica que tomou uma decisão sobre o futuro do atleta Jean Paulo Fernandes Filho após averiguar detalhes do episódio ocorrido na data de hoje. Por questões legais que impedem qualquer iniciativa durante o período de férias, vigente neste momento, o clube tomará as medidas cabíveis tão logo esta etapa se encerre.

O São Paulo reforça que vestir a camisa desta instituição representa vestir também valores dos quais jamais abrirá mão. O jogador de futebol é exemplo para a sociedade - forma opinião e influencia comportamento - e por isso tem de ter consciência daquilo que representa pelo que faz não só dentro, mas também fora de campo, e consequentemente da responsabilidade que carrega.

O São Paulo não tolera e não admite episódios como os que foram noticiados hoje, de violência contra a mulher.

Quanto ao outro caso noticiado, referente ao atleta que foi fotografado vestindo uma camisa de outra instituição, o São Paulo lamenta, mas pede que não seja assunto para hoje. Os episódios não se equiparam, têm grandezas e gravidades completamente diferentes e não devem ser objetos de discussões simultâneas. O caso sobre o qual se trata aqui faz referência aos mais importantes valores da vida humana em sociedade, enquanto o outro, perto disso, é um detalhe que aborrece a instituição, mas que será tratado internamente”.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?