Santos vê exemplo de Cazares e recusa proposta por Jean Mota

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
03/08/2019 10:30:49

Em: Escolha do editor, Futebol, Notícias, Santos
Santos recusa proposta do Al Ahli por Jean Mota (Foto: Reprodução/Twitter/SFC)

O Santos recusou a proposta de empréstimo do Shabab Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, por Jean Mota. A oferta era de uma temporada, com valor de compra fixado – quantia não divulgada pelo Peixe.

O Alvinegro tem o exemplo recente de Cazares para dizer “não”. O Al Ahli ofereceu 4 milhões de euros (R$ 17 mi) ao Atlético-MG e disse ao Santos e empresários que não poderia pagar agora por Jean Mota.

O Peixe cogita negociar Jean, mas apenas em definitivo. A diretoria não estipulou uma quantia mínima ao mercado, porém, nos bastidores admite a chance de vender por 5 ou 6 milhões de euros.

Jean Mota é um dos alvos para substituir Emiliano Vecchio, hoje no Al-Ittihad, da Arábia Saudita. O santista é desejo do futebol árabe desde 2017. Ele seguiu a conta oficial do Al Ahli no Instagram na última quarta-feira e gerou expectativa na torcida.

Melhor jogador do Campeonato Paulista, Jean é atualmente um dos reservas do técnico Jorge Sampaoli. O meia tem 25 anos e contrato até 30 de junho de 2022. O Santos detém 80% dos direitos econômicos.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




  • Ricardo Gomes da Silva

    O Jean Mota é útil para o Sampaoli, então, só deve sair se for vendido por uma boa grana.

    Empréstimo como esses é uma furada, vejam os exemplos do David Brás, Vecchio, Fabian Noguera, Caju e outros. Todos foram emprestados nessa modalidade e nenhum foi comprado. O Santos teve que rebolar para vender três deles para outros clubes e o Noguera continua como peso morto.

×
Quer receber notícias do Santos?