Sánchez supera Molina e se torna o 3º maior artilheiro estrangeiro do Santos

São Paulo, SP

03-10-2019 17:58:11

Com o gol que abriu a vitória sobre o CSA, pelo Campeonato Brasileiro, Carlos Sánchez se tornou o terceiro maior artilheiro estrangeiro da história do Santos. O uruguaio chegou a 18 gols e ultrapassou o colombiano Mauricio Molina, que tem 17. Jonathan Copete, também da Colômbia, é o líder com 26 tentos. Sobre a marca, o camisa 7 afirmou que seu objetivo principal não é alcançar a primeira posição, mas, sim, ajudar o Alvinegro Praiano.

“É lindo saber que estou nesta lista. Seria uma honra muito grande alcançar esse posto e ultrapassar o Copete. Porém, não é apenas um objetivo pessoal que estou buscando no Santos FC. Penso primeiramente em conquistar coisas no coletivo, como vitórias e títulos. Claro que balançar as redes sempre nos dá mais confiança, mas não é um objetivo que ficarei desesperado para alcançar”, declarou o meia ao site oficial do clube.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Sánchez ainda falou sobre o Vasco, próximo adversário do Peixe no Brasileirão. “O Vasco é um time qualificado e vem de uma vitória importante jogando longe de seus domínios. Eles são muito fortes jogando em casa, na Copa do Brasil já percebemos isso. Temos que entrar atentos desde o início para vencer. Óbvio que se marcar mais um gol ficarei bem feliz, mas primeiro quero ajudar a equipe dentro de campo e voltar para Santos com o triunfo na mala”, concluiu o uruguaio.

Ocupando a terceira colocação com 41 pontos, o Santos enfrenta o Cruz-maltino neste sábado (5), às 17h (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ). O time comandado por Jorge Sampaoli tenta se manter entre os postulantes ao título da competição, que tem o Flamengo na liderança com 49 pontos.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?