Reformulado, Independiente enfrenta o Santos após também apostar na base e sofrer com o transfer ban

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

14-07-2021 08:00:11

Reformulado, o Independiente (ARG) tenta fazer frente ao Santos nas oitavas de final da Sul-Americana. O jogo de ida será nesta quinta-feira, na Vila Belmiro.

O Independiente perdeu sete atletas entre uma temporada e outra e apostou nas categorias de base. Para piorar, os argentinos estão proibidos pela Fifa de contratar - situação que o Peixe viveu e superou.

O Rojo acertou a contratação de apenas um jogador: Joaquín Laso, zagueiro do Rosario Central. E o atleta de 31 anos não foi inscrito na Sul-Americana em função do transfer ban causado por uma dívida na chegada de Gastón Silva, do Torino (ITA), em 2017.

"Vai ser difícil, por isso subimos muitos jogadores da base. Trouxemos sete jogadores de outras divisões para completar o elenco e ter variações. Perdemos o Barboza uma semana antes de começar o torneio, Franco foi embora, Menéndez, Hernández, Arregui, Messinti e Landaburu", disse o técnico do Independiente, Julio Falcioni, em entrevista coletiva.

Para piorar a situação, o Independiente precisa superar a falta de ritmo de jogo. O Rojo chega para a decisão com 45 dias sem competir. A última partida foi a derrota por 2 a 0 para o Colón, na semifinal da Copa da Argentina, em 31 de maio.

O técnico Julio Falcioni tentou aumentar a competitividade do Independiente com uma pré-temporada forte e amistosos de preparação, como as duas partidas recentes contra o Vélez Sarsfield.

"Paramos o calendário, coisa que os brasileiros não fizeram (na Copa América). Cada federação tem seu torneio, todos competem, como São Paulo, Atlético-MG... Nós e todos os times argentinos não. Isso vai ser mais difícil para nós, mas estou tranquilo, porque apesar do tempo curto fizemos uma boa preparação. Estivemos concentrados por 15 dias na academia e no campo e veremos se fizemos tudo bem", afirmou o treinador.

A provável escalação do Independiente é: Sosa, Bustos, Ostachuk, Insaurralde e Rodríguez; Blanco, Lucas Romero e Palacios; Velasco, Silvio Romero e Roa.

Deixe seu comentário