Peres atualiza busca do Santos por ‘9’ e responde Sampaoli: “Posso trazer uma dúzia amanhã”

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
27/05/2019 14:09:39

Em: Futebol, Notícias, Santos
Presidente do Santos responde Sampaoli (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, falou sobre a procura por um centroavante em coletiva de imprensa no fim da manhã desta segunda-feira, no CT Rei Pelé. E respondeu a Jorge Sampaoli, antes de apaziguar

O técnico reclamou da falta do “9” no domingo, depois do empate com o Internacional, ao dizer que pede por esse jogador há cinco meses. O alvo atual é Fernando Uribe, do Flamengo.

“Hoje não tem 9. É o Uribe que tentamos. Tentamos Ricardo Oliveira, mas presidente disse que de jeito nenhum. A não ser pela liberação de alguns jogadores que não queremos. Estamos perseguindo um 9, não podemos fazer loucuras. O Santos tem um orçamento, fizemos esforço para contratar 11. Nenhuma vez um treinador teve tantos jogadores cedidos como fui buscar. Busquei tudo que pediu, agora é o 9. Como foi o 3. Busquei dois 3 de nível. Volante, e aí por diante. O 9 é a maior dificuldade, Santos tem padrão de pagamento e de salário. Não vai ser da noite para o dia. Ambas as partes precisam entender isso. Tem que fazer o sacrifício. Quem não quer vestir a camisa 9? Marinho super simples, feliz, aqui não é só pelo dinheiro. Tem que saber o peso da camisa. Santos é o mais conhecido no exterior, fiquei surpreso mesmo viajando muito. Lembrança internacional é um chamariz, se valorizam com essa camisa. Aqui é vitrine, é 100% vitrine. Esse é um valor agregado que não tem preço. Não faremos loucuras. Não posso aumentar a folha sem poder pagar como outros grandes. Não quero fazer isso. Farei o possível para trazer o mais breve possível”, disse o presidente.

“Todas as transações esbarram no salário. Menino da base esbarra no salário, no exagero. Não é especificamente o Uribe, é de todas. Uma realidade que temos que aceitar. Mercado de cinco anos atrás era completamente diferente. Esbarramos no parâmetro criado, de uma maneira que se quebra o clube. Vamos trazer, sim, e posso trazer uma dúzia amanhã, mas não é o caso. É o específico, do perfil que Sampaoli precisa. Entendo, o treinador está certo. O que me encanta é a vontade de ser campeão, vontade extrema. Quer o melhor. E temos que valorizar muito isso. Se eu tivesse no lugar dele, faria a mesma coisa. Não me senti ofendido. A ansiedade dele é a minha. Estou na linha dele, estamos juntos nisso. Estamos tentando, é verdade, mas clube tem que tomar cuidado. Tem que pagar em dia. No outro dia atrasamos oito dias e sofremos bombardeio. Temos que tomar cuidado para evitar novos bombardeios, com mês em 30 dias”, completou.

As negociações com o Flamengo estão em andamento. Não houve avanço significativo por Uribe nos últimos dias.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




×
Quer receber notícias do Santos?