Futebol

Gramado da Vila passa por reforma, mas ainda não tem data para reinauguração

Tiago Salazar - Santos , SP
12/01/2018 08:00:07

Em: Campeonato Paulista, Notícias, Santos

José Carlos Peres avisou ainda em campanha eleitoral que mandaria metade dos jogos do Santos no ano como mandante no Pacaembu. O estádio paulistano, inclusive, deve receber todas as apresentações do Peixe na Copa Libertadores da América. Mesmo assim, a Vila Belmiro não deixará de receber atenção. Nesse momento de pré-temporada, todo o gramado do estádio Urbano Caldeira está passando por uma ampla reforma.

O clube informou à Gazeta Esportiva que o objetivo é renovar 100% da grama, que é do tipo Bermuda Celebration. Uma camada superficial, de aproximadamente dois centímetros, já foi retirada e descartada.

Todo esse processo é chamado de Fraze Mowing e é feito com máquinas especiais, que também servem para nivelar o piso, acabando com os famosos “morrinhos”, que tanto atrapalham na hora da bola rolar.

A menos de uma semana do início do Paulistão, o gramado da Vila ainda está longe do ideal (Foto: Tiago Salazar/Gazeta Esportiva)

Ainda segundo o clube, a previsão é de que o gramado esteja pronto e liberado já para o primeiro desafio da equipe na Vila Belmiro. Na teoria, o teste inicial pós-reforma seria dia 22 de janeiro, contra o Bragantino, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Entretanto, a diretoria tem a intenção de transferir o duelo para o Pacaembu, assim como o confronto com o Ituano, agendado para o dia 28 e válido pela quarta rodada do Estadual. Caso a Federação Paulista de Futebol (FPF) atenda ao desejo do Santos, provavelmente a nova grama da Vila Belmiro só será utilizada dia 14 de fevereiro, uma quarta-feira à noite, no duelo frente ao São Caetano, pela sétima rodada do Paulistão.

A última apresentação do elenco santista em sua casa, na Baixada, aconteceu dia 3 de dezembro, quando a equipe empatou por 1 a 1 com o Avaí, pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. Dois dias depois, Narciso e Giovanni promoveram o jogo beneficente “Natal Sem Fome” no mesmo palco. A partir de então, o campo foi interditado para o início da reforma, que segue em andamento.




×
Quer receber notícias do Santos?