Futebol/Mercado

Empresário de Oliveira afirma que atacante não ficará no Santos em 2018

Dos correspondentes Vitor Anjos e Marcellus Madureira - Santos , SP
19/12/2017 18:05:04 — 19/12/2017 19:34:47

Em: Bastidores, Escolha do editor, Futebol, Mercado da bola, Notícias, Santos

Ricardo Oliveira não jogará mais pelo Santos. Pelo menos foi o que afirmou Augusto Castro, empresário do atacante, em contato exclusivo com a Gazeta Esportiva. O atual contrato do centroavante, que está na mira do Atlético-MG, termina no próximo dia 31 e não será renovado.

“Ele (Oliveira) vai sair do Santos. O resto ainda não temos certeza”, afirmou o representante do jogador.

Apesar da afirmação de Castro, a diretoria do Peixe ainda confia na renovação contratual do camisa 9. A cúpula santista afirma que irá se reunir com o estafe de Oliveira e espera acertar a permanência. Porém, ela só será possível se os santistas subirem a proposta para dois anos de contrato.

Eleito presidente do Peixe no início de dezembro, José Carlos Peres afirmou na última segunda-feira que gostaria de estender o vínculo do centroavante por apenas um ano. Porém, o capitão queria renovar por mais duas temporadas.

“A questão será analisada pelo novo diretor e também pelo técnico. Há um obstaculo porque ele quer dois anos. Mas não dá pra fazer contrato de dois anos, pois seria prejuízo para o clube. Se ele topar um ano ele fica”, afirmou Peres após a assumir a posse simbólica na Vila Belmiro.

Adeus? Empresário garante que Ricardo Oliveira não ficará no Santos em 2018 (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

A declaração do mandatário não foi bem vista pelo estafe de Oliveira, que está na mira do Atlético-MG para a próxima temporada. O novo diretor de futebol da equipe de Belo Horizonte, Alexandre Gallo, inclusive, já tem uma proposta pronta a ser enviada ao jogador, conforme apurou a Gazeta Esportiva. O técnico Osvaldo de Oliveira também aprova a chegada do camisa 9 em caso de saída de Fred, especulado no Flamengo. Ricardo Oliveira, por sua vez, segue de férias no Recife, mas vem treinando forte para voltar em forma durante a pré-temporada.

As tratativas para a extensão do vínculo do jogador já haviam sido iniciadas em maio por Modesto Roma Júnior, mas ficaram ‘travadas’ por causa da eleição presidencial. Assim como Peres, o atual mandatário havia oferecido apenas um ano de vínculo para o Ricardo Oliveira, que também é capitão da equipe.




×
Quer receber notícias do Santos?