Com Lucas Lima e Gabriel de volta, Santos melhora números ofensivos

São Paulo, SP

17/06/16 | 09:00 - 16/06/16 | 15:04

Lucas Lima e Gabriel têm sondagens do futebol europeu (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Lucas Lima e Gabriel têm sondagens do futebol europeu (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

A vitória sobre o Sport, por 2 a 0, na Vila Belmiro, marcou o retorno da dupla Lucas Lima e Gabriel ao time do Santos. Ambos estavam nos Estados Unidos, defendendo a Seleção Brasileira na pífia campanha na Copa América Centenário. A equipe de Dunga foi eliminada na primeira fase, e o resultado negativo causou a demissão do treinador.

No jogo contra os pernambucanos, Gabigol iniciou a partida, enquanto Lucas Lima entrou no intervalo, no lugar do camaronês Joel. E a dupla mostrou porque é fundamental para o bom desempenho do time de Dorival Júnior. O atacante marcou uma vez, com assistência do meia, e ainda deu o passe para o segundo gol, de Vítor Bueno.

Os números do Footstats mostram a diferença que a dupla da Seleção faz quando está em campo. A última partida em que os dois atuaram foi na segunda rodada do Brasileiro, na vitória por 2 a 1 sobre Coritiba, também na Vila. Na ocasião, o Peixe trocou 568 passes, em busca da dramática virada, com gol de Renato no último minuto.

Depois daquela partida, sem contar com seu principal meia, o Alvinegro não ultrapassou os 500 passes em nenhum confronto, com o melhor desempenho sendo na vitória por 3 a 0 contra o Botafogo, na sexta rodada: 423. Nesta quarta, com Lucas Lima atuando por apenas 45 minutos, o time de Dorival voltou a superar os 500, com 538.

Além dos passes, o número de finalizações também aumentou consideravelmente. O jogo contra o Sport marcou o maior número de chutes do Santos no Brasileirão. Foram 18, sendo oito na direção do gol de Magrão. Gabriel foi o responsável por quatro, atrás apenas de Vítor Bueno, autor do segundo gol, que fez cinco. Lucas Lima contribuiu com uma.

Gabriel voltou balançando as redes (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Gabriel voltou balançando as redes (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O recorde anterior remetia aos jogos diante de Atlético-MG (derrota por 1 a 0), na estreia do Brasileirão, e o jogo do último domingo, vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz. Foram 12 chutes em cada um dos confrontos. Contra os mineiros, apenas Gabriel jogou, e diante dos pernambucanos nenhum dos dois.

Com o triunfo sobre o Rubro-Negro pernambucano, a equipe da Vila Belmiro alcançou 13 pontos, além da terceira vitória seguida no Brasileirão. Com a volta dos principais jogadores, o time do litoral espera seguir evoluindo no próximo sábado, às 18 horas (de Brasília), quando terá pela frente o Atlético-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba.

 

Deixe seu comentário