Futebol/Copa do Brasil

Técnico do Sampaio vê Palmeiras melhor do Brasil, mas pondera: “São 11 contra 11”

Luca Castilho* - São Paulo , SP
22/05/2019 08:00:30 — 22/05/2019 09:10:21

Em: Copa do Brasil, Futebol, Notícias, Palmeiras, Sampaio Corrêa
Técnico está no comando do Sampaio desde fevereiro (Foto: Lucas Almeida/Sampaio)

O Sampaio Corrêa inicia sua jornada na Copa do Brasil nesta quarta-feira, dia 22. A equipe maranhense irá enfrentar o Palmeiras pela ida das oitavas de final do torneio, no Estádio Castelão, em São Luis do Maranhão, às 19h15 (de Brasília). Em entrevista à Gazeta Esportiva, o treinador da Bolívia Querida, Julinho Camargo, projetou um duelo complicado contra os paulistas.

“Estamos com uma expectativa muito positiva de enfrentar um grande clube, em uma fase da competição que é muito importante. No meu modo de ver, o Palmeiras hoje é a melhor equipe do Brasil. A mais competitiva, que tem um futebol objetivo. É um confronto extremamente difícil, somos uma equipe de Série C do Brasileiro e estamos encarando a melhor equipe da Série A do Brasileiro“, afirmou o treinador gaúcho.

Atualmente, o Sampaio ocupa a terceira colocação da Série C do Brasileiro, com 8 pontos, apenas dois a menos que o líder Ferroviário. Mesmo com a disparidade financeira, o treinador confia em seu plantel e planeja uma boa performance de seu comandados contra o Verdão.

“Temos o maior respeito pelo Palmeiras, mas a gente tem uma história aqui no Sampaio Corrêa. É um clube muito forte no Nordeste, que representa uma grande torcida. Eu como treinador dessa camisa, vou tentar fazer o meu melhor para poder fazer esse enfrentamento”, disse.

Julinho Camargo também falou sobre começar atuando como mandante e acredita na força da torcida. “Não vejo diferença em fazer o primeiro jogo em casa e o segundo fora. O que me deixa feliz é de poder fazer o jogo em casa. O fato de estar jogando em casa deixa a gente mais forte pela presença do nosso torcedor, mas no momento que a bola rola, são 11 contra 11”, frisou o comandante.

Treinador derrotou o Verdão quando comandava o Goiás (Foto: Divulgação/Goiás)

Esse será o segundo confronto do treinador de 48 anos com o Palmeiras. Quando ainda comandava o Goiás, em 2015, Julinho enfrentou os paulistas pela 22ª rodada do Brasileirão e conquistou um triunfo por 1 a 0, com gol de Bruno Henrique, atualmente no Flamengo. Apesar do retrospecto positivo, o comandante não vê semelhanças com o confronto desta quarta.

“Eram dois clubes que se encontravam na Série A do Brasileiro. Eu tinha uma equipe forte, competitiva. Foi difícil, mas foi uma vitória muito importante frente à uma grande equipe naquele momento também. Mas eu acho que hoje é diferente”, comentou.

Quando ainda estava no Esmeraldino, o treinador comandou o lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o atacante Carlos Eduardo, ambos no Palmeiras atualmente.

“Eu fico muito feliz de ver ele (Diogo Barbosa) atingindo esse nível. Ele e o Carlos Eduardo vêm jogando muito bem. Naquele momento, no Goiás, a gente já via o potencial enorme que os dois tinham. Eles fizeram uma boa temporada e hoje estão defendendo uma camisa muito importante do futebol brasileiro. Como professor que fui um dia deles, fico muito gratificado em vê-los nesse alto nível”, concluiu Julinho Camargo.




  • Fábio Moura

    GANHAR DOS SEM MUNDIAL É FÁCIL, É SÓ O TIME DO SAMPAIO CORREIA VESTIR A CAMISA DO CORINTHIANS.