Zidane ganha força para substituir “decepcionante” Benítez no Real

São Paulo, SP

17-12-2015 09:53:28

Quando trocou Carlo Ancelotti por Rafa Benítez, no início da temporada, o Real Madrid esperava que o treinador espanhol pudesse usar seu pulso firme para extrair o melhor do elenco cheio de estrelas do clube. Mas não foi o que aconteceu, e o rendimento decepcionante do técnico à frente da equipe faz com que um candidato a sucessor ganhe cada vez mais força nos bastidores: Zinedine Zidane.

O ex-meia francês atualmente comanda o time B do clube e, segundo o jornal L’Équipe, é o nome que está em alta no momento dentro do Real Madrid para ser o próximo a comandar Cristiano Ronaldo, Gareth Bale e companhia.

Pesam a favor de Zidane, ídolo da equipe desde os tempos de jogador, o grande prestígio que tem com o presidente Florentino Pérez. Além disso, o fato de ter sido um dos maiores jogadores da história recente do futebol mundial faria do francês uma figura respeitada nos vestiários e próxima aos jogadores.

O próprio ex-jogador se diz preparado para o desafio. Ele foi auxiliar de Carlo Ancelotti na conquista da décima Liga dos Campeões da história do clube, na temporada 2013/2014, e depois assumiu como técnico do time B para acumular ainda mais experiência. Além disso, já tem os cursos exigidos pela Uefa para dirigir equipes profissionais.

O que era um sonho antigo do presidente Florentino Pérez, ainda segundo a publicação francesa, vai se tornando uma necessidade à medida que o Real não apresenta o futebol desejado e Rafa Benítez parece ter sua relação com os jogadores desgastada.

A campanha dos merengues na temporada não é desastrosa: a equipe classificou-se como líder de seu grupo às oitavas de final da Liga dos Campeões e ocupa a terceira posição do Campeonato Espanhol, cinco pontos atrás do Barcelona. Mas pesa contra Benítez a goleada sofrida por 4 a 0 para o Barça em pleno Santiago Bernabéu e a qualidade do futebol da equipe, que está longe do que a diretoria esperava.

Deixe seu comentário