No Betis, Petros avisa: "Não tem explicação para eu ser reserva"

São Paulo, SP

06-04-2016 17:46:00

O volante Petros, ex-Corinthians, está em sua primeira temporada no Betis, da Espanha. Mesmo tendo atuado em 24 das 31 partidas no Campeonato Espanhol, ele não está totalmente satisfeito com o seu número de jogos pelo time de Sevilha. Em evento do próprio clube, ele comentou a situação.

Leia mais:

"Não tem explicação para eu ser reserva, mas respeito as escolhas do treinador (Juan Merino). Sigo trabalhando forte, e a maioria dos pontos que o Betis ganhou, eu estava em campo", declarou o jogador, que é, com frequência, um dos principais marcadores de sua equipe, sendo líder de desarmes em várias partidas. "Sou um jogador regular, e estou trabalhando muito", garantiu.

Sobre a possibilidade de rebaixamento, já que o Betis se encontra seis pontos acima da zona de descenso, Petros garantiu que, com uma vitória no fim de semana, o time ficará bem próximo de garantir a permanência na primeira divisão espanhola. "Se ganharmos, estaremos praticamente salvos, por isso temos que pressionar. Poderíamos estar lutando por coisas melhores, mas é o que nos resta agora", opinou o ex-jogador do Corinthians.

O volante chegou ao Betis em julho de 2015, depois de atuar por um ano no time de Parque São Jorge. Em 27 jogos na temporada, Petros marcou uma vez, diante do Deportivo La Coruña, ainda no ano passado. Depois de uma fase como titular absoluto, ele foi preterido por Juan Merino nas últimas duas partidas, ficando no banco contra Málaga e Atlético de Madrid, em confrontos nos quais o time do volante saiu derrotado.

Deixe seu comentário