Futebol

Presidente da Lusa dispara contra calendário dos times pequenos: “É cruel”

Fernanda Zalcman* e José Victor Ligero - São Paulo , SP
02/09/2018 09:00:13

Em: Campeonato Copa Paulista, Futebol, Portuguesa

A Portuguesa segue tentando se recuperar da grave crise que vem abalando o clube nos últimos anos. Atualmente, a Lusa está disputando a Copa Paulista, primeira competição desde o final da Série A2 do Paulista, em março deste ano. De lá para cá, portanto, foram cinco meses sem compromissos oficiais para o clube. E para o presidente da Portuguesa, Alexandre Barros, essa situação é extremamente prejudicial para os times pequenos.

“O calendário é cruel. Para os times da Série A e B não tem problema nenhum, porque a maioria tem um calendário anual. E a reclamação dos atletas e do sindicato é que tem muito jogo, pouco tempo de férias. A Portuguesa disputou a Série A2, que terminou em final de março. Tem que ter no mínimo um contrato de três meses com um atleta (por lei), e eu só voltaria a ter uma competição em agosto. Então, qual é a condição de você manter um jogador por quatro meses pagando sem nenhuma competição?”, questionou o dirigente, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Alexandre Barros tem mandato até 31 de dezembro de 2019 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

A Lusa sofreu com recorrentes desmanches ao longo dos últimos anos, o que Barros atribui justamente à escassez de jogos na temporada. Os grandes espaços de tempo entre as competições impede a formação sólida de um elenco, na visão do presidente.

“Quando tem jogo, tem verba, patrocínio, você mantém o funcionário. Quando não, você tem que decidir o que vai fazer. Esse é o maior problema: montar um time para cada campeonato, sabendo que sua arrecadação é pequena. Se não mudarmos o calendário nacional, não vamos conseguir fazer com que os times que eram formadores, times do interior que sempre foram fortes, possam fazê-lo”, completou.

Barros falou também sobre as dívidas trabalhistas da Lusa e garantiu estar cumprindo com todas as obrigações. “Estamos pagando o acordo trabalhista que firmamos em julho do ano passado. Óbvio que a expectativa era que não cumpríssemos. Se não tivesse sido cumprido o acordo, eles pediriam um novo leilão (do Canindé). E não tem leilão na Portuguesa, porque o estádio foi dado em garantia, enquanto o acordo está sendo cumprido”, explicou.

“Não podemos dizer a exatidão delas (dívidas). Ela está em torno de R$ 350 milhões, só que a cada dia tem juros das dívidas trabalhistas que crescem a todo momento. Estamos trabalhando para que todas as atas sejam regularizadas”, ressaltou.

Neste sábado, a Lusa venceu o Nacional pela Copa Paulista por 2 a 0 e foi a 15 pontos, subindo uma posição e assumindo a vice-liderança do Grupo 4. Só não ficou na ponta, porque o Audax também triunfou diante do lanterna Taboão da Serra e foi a 16 pontos.

“Nosso objetivo é a classificação. É óbvio que, quando você termina líder, é muito melhor, te dá um respeito, uma notoriedade. Mas, dentro do organograma do trabalho, estamos seguindo o objetivo. Temos os pés no chão, montamos um elenco com as condições que a Portuguesa pode pagar, escolhendo jogadores com a qualidade que cada um tem”, concluiu.

*Especial para a Gazeta Esportiva




  • Chico Guru

    Nossa, que surpresa” O time da Lusinha ainda existe, que legal. Prá mim já tinha fechado as portas e só ficado o clube de campo

    • MESTRE DOS MAGOS

      Ainda existe sim, espero ve-la de volta ao cenario em um futuro bem proximo. Equipes como Lusinha, Juventus, internacional de Limeira, Santo Andre, Corinthians, Ferroviaria, Sao Caetano, Palmeiras, Sao bento, apesar de pequenas, sempre deram trabalho para equipes gigantes como SANTOS, SAO PAULO, FLAMENGO, GREMIO, ATLETICO MINEIRO, INTERNACIONAL, CRUZEIRO.

      • BIG HAUSE

        pow cara como vc entende bem de futebol….agora fiquei preocupado com sua opinião…

    • BIG HAUSE

      calma que seu palmeiras tambem vai ficar assim e so a Leiloka deixar vcs…nova Paramalat

  • BIG HAUSE

    O que falta a Lusa e gente honesta…..um clube tradicional e sendo o segundo clube de todos os Paulistas….ate hoje a Lusa so tem gente aproveitadora e ninguem realmente para ajudar…A COLONIA PORTUGUESA E GRANDE MAS NINGUEM QUER AJUDAR E SO SABEM RECLAMAR E DESTRUIR O POUCO QUE TEM….ninguem investigou o caso o caso do rebaixamento ( Fluminense ) ninguem falou mais nada…uma situação clara de corrupção a diretoria, se venderam e largaram no esgoto a Lusa….CADE OS CO-IRMÃOS que não ajudam em nada!!! poderiam emprestar jogadores que não são aproveitados, encostados e alguns da base…os Clubes emprestam e ainda pagam para te-los e outros clubes e porque não fazer isto na Lusa????? A LUSA CONSEGUE SE LEVANTAR E VOLTAR…E SO TRATAR A BASE COMO ERA ANTES REVELANDO JOGADORES E ATE NEGOCIANDO E ASSIM MELHORA SEU CAIXA……mas que tem rolo escondido atras de tudo isto pode acreditar que tem….UMA VERGONHA O QUE FAZEM COM A LUSA!!!!