Saída de Mina e treino de Dracena podem dar chance a Antônio Carlos

Bruno Ceccon - São Paulo , SP
12/01/2018 11:00:21 — 12/01/2018 15:07:50

Em: Campeonato Paulista, Escolha do editor, Futebol, Palmeiras

Contratado após passagem pela Ponte Preta, Antônio Carlos viveu uma temporada discreta em 2017. A saída do colombiano Yerry Mina, aliada ao processo especial de preparação de Edu Dracena, pode dar chance ao defensor de 24 anos no começo de 2018.

Antônio Carlos participou de apenas nove confrontos durante a temporada de 2017, mas fez exibições consistentes. Luan, campeão olímpico nos Jogos do Rio de Janeiro 2016, e Juninho tiveram mais oportunidades e não conseguiram convencer.

Pouco utilizado em seu primeiro ano pelo Palmeiras, Antônio Carlos foi cotado para deixar o clube. No entanto, a diretoria resolveu renovar o compromisso do atleta até o final de 2018, sinalizando que a comissão técnica chefiada por Roger Machado deseja aproveitá-lo.

No começo da trajetória do novo treinador, a zaga vive clima de indefinição. Considerado titular, Yerry Mina teve sua chegada ao Barcelona antecipada. Já Edu Dracena passa por cronograma especial de preparação e deve desfalcar o Palmeiras nas primeiras partidas do ano.

Roger Machado esboçou o time titular do Palmeiras no treino da última quinta com Antônio Carlos e Luan no miolo de zaga. Às 16 horas (de Brasília) desta sexta, na Academia de Futebol, o treinador terá a chance de fazer experiências no amistoso contra o Atibaia.

Emerson Santos, contratado após passar pelo Botafogo, Pedrão, promovido das categorias de base, e Thiago Martins, de volta após período de empréstimo ao Bahia, completam as opções do comandante para armar a defesa palmeirense no momento.

Às 19h30 (de Brasília) da próxima quinta-feira, no Estádio Palestra Itália, o Palmeiras inicia sua participação no Campeonato Paulista contra o Santo André. Com Yerry Mina e Edu Dracena indisponíveis, a briga pelas posições de titular na zaga deve ser acirrada.

 




×
Quer receber notícias do Palmeiras?