Roger fala em recuperar Deyverson e indica oportunidade a Hyoran

José Victor Ligero - São Paulo , SP
27/05/2018 09:00:43

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Palmeiras
Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Alvo frequente de críticas provenientes da torcida do Palmeiras, o centroavante Deyverson não está fora dos planos do clube. Ao menos foi o que indicou o técnico Roger Machado, durante entrevista coletiva após a derrota por 3 a 2 para o Sport, neste sábado, em pleno Allianz Parque.

O camisa 16 entrou nos instantes finais da partida, mas não conseguiu mudar o resultado final. Ainda assim, diante da ausência de Borja, que integra a preparação da seleção colombiana para a Copa do Mundo, o treinador palmeirense não descarta utilizar o seu contestado centroavante nesse período.

“O primeiro passo é tentar recuperar o Deyverson e o prestígio dele diante do torcedor. Coloquei o Papagaio antes porque todo mundo presenciou na quarta-feira (contra o América-MG) a saída do Deyverson sendo mais comemorada do que um gol. Isso tira a confiança do jogador. É recuperá-lo”, explicou Roger Machado.

Adquirido no ano passado por cerca de R$ 18 milhões após passagem pelo futebol espanhol, Deyverson acumula 30 jogos e sete gols com a camisa do Verdão. Em 2018, contudo, ele ainda não balançou as redes adversárias. “Não adianta lamentar a ausência do Miguel. Temos que fortalecer os que estão aqui e reagir, recuperar esses pontos fora de casa”, projetou o técnico.

Outro atleta que vem sofrendo com críticas da torcida é Lucas Lima. Vaiado ao ser substituído por Hyoran, o meia também foi defendido por seu comandante, que, no entanto, sinalizou com a possibilidade de dar mais chances ao jovem armador, autor do segundo gol palmeirense no revés para o time pernambucano.

“Sem dúvida o Hyoran está pedindo passagem já”, disse Roger, sobre o atleta que soma dois gols em sete jogos no ano. “Mas não costumo desistir do jogador no primeiro momento de instabilidade. O Lucas tem sido substituído porque, à medida que o jogo vai passando e ele não consegue aquilo que eu gostaria, a gente muda. É natural. O que der para fazer para retomar o equilíbrio, tenha certeza que vou fazer. O importante é o Palmeiras em primeiro lugar”, concluiu Machado.

Com a derrota para o Sport, o Palmeiras caiu para o quinto lugar do Campeonato Brasileiro, com 11 pontos, e ainda pode perder mais posições ao final da sétima rodada neste domingo. O próximo compromisso será diante do Cruzeiro, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com