Palmeirenses torcem por permanência de Gabriel Jesus e celebram boa fase

José Victor Ligero - São Paulo,SP

22-06-2016 08:00:37

Gabriel Jesus conta com a torcida de seus companheiros para ficar no Palmeiras (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Gabriel Jesus conta com a torcida de seus companheiros para ficar no Palmeiras (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Gabriel Jesus foi o principal assunto na zona mista do Palestra Itália após a vitória por 2 a 0 sobre o América-MG, na noite da última terça-feira, em duelo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Cientes da presença do diretor de futebol do Barcelona, Raúl Sanllehí, nas tribunas do estádio, os jogadores do Palmeiras comentaram a suposta negociação do clube catalão pelo garoto de 19 anos, que tem a torcida de seus companheiros por sua permanência no Verdão.

"Nem eu deixaria (Gabriel ir neste momento para o Barcelona), mas todos têm o sonho de jogar fora. Acho que ele tem que ficar, para nossa alegria, também, e é bom saber que tem um jogador da qualidade dele na nossa equipe", declarou o meia Cleiton Xavier, sabendo da dificuldade da manutenção do jovem jogador no futebol brasileiro.

"É um garoto muito bom, muito tranquilo sobre isso. Se não for agora, vai ser depois, tem um futuro enorme pela frente, espero que ele dê alegrias não só no Palmeiras, mas também na Seleção", disse sobre o autor dos dois gols da vitória palmeirense.

Fernando Prass , por sua vez, afirmou que desconhecia a presença do dirigente espanhol e classificou o fato como algo positivo na carreira de Gabriel. "Não sabia, mas é bom, sinal de que o trabalho dele está sendo bem feito, porque não é qualquer um que é observado pelo Barcelona", falou o arqueiro.

Já Róger Guedes não esconde a torcida pela permanência do amigo. "Se ele tiver que ir para o Barcelona vamos ficar felizes, mas torcemos para que ele fique até o fim do ano e ajude a gente".

Nesta terça-feira, o jornal espanhol Sport publicou que o Verdão rejeitou uma proposta de 19 milhões de euros (cerca de R$ 73 milhões) por Gabriel Jesus. O contrato do atleta, no entanto, prevê sua liberação ao time espanhol em caso de uma oferta de 24 milhões de euros, privilégio também de Real Madrid, Manchester United, Paris Saint-Germain e Bayern de Munique. O Palmeiras detém 30% dos direitos econômicos do jogador, que soma 15%, enquanto o empresário do atleta, Cristiano Simões, possui 32,5%, e o ex-agente, Fabio Caran, tem 22,5%.

Comemoração

Além de Gabriel Jesus, a boa fase do Alviverde foi colocada em pauta após a partida. Um dos líderes do time, Prass citou o fato de o Palmeiras estar se impondo durante os jogos. "Estamos tendo uma consistência de jogo muito boa, muito boa mesmo. Estamos conseguindo nos impor, e isto claro que os três pontos são importantes, mas é o que vale. Jogando bem, se impondo, a chance de vencer é maior. Estamos com atuações muito seguras e isto nos deixa muito confiantes", analisou o arqueiro.

O zagueiro Edu Dracena pediu serenidade com a liderança da competição e ressaltou a importância de vencer também fora de casa. "O time está encorpando no momento certo. O Brasileiro é longo, vamos ter dificuldades no campeonato, mas acho que com esta sintonia em nossa casa, com nossa torcida, está sendo importante manter esta pegada. Fora de casa é tentar somar pontos. É ter pés no chão, humildade, saber que o Palmeiras não ganhou nada, mas que está no caminho certo", explicou o defensor, que teve os pensamentos ecoados pelo meia Cleiton Xavier.

"Buscamos jogar bem todas as partidas, até nas derrotas, no empate com o Coritiba o time suportou bem, o Cuca nos cobra muito de manter, ter uma manutenção nos jogos, a equipe está dando resultado. Esperamos seguir assim, lógico que não sempre, mas por algum tempo", disse o camisa 10.

Com a vitória sobre o Coelho, o líder Palmeiras chegou aos 22 pontos e abriu três de distância para o Internacional, segundo colocado do Brasileiro. O Verdão, que não perde há seis jogos, voltará a campo neste sábado, a partir das 19 horas (de Brasília), quando enfrentará o Cruzeiro pela 11ª rodada da competição nacional.

Deixe seu comentário