Palmeiras iguala São Paulo e Grêmio como brasileiros com mais semifinais de Libertadores

São Paulo, SP

11/08/22 | 06:00

Ao bater o Atlético-MG pelas quartas de final da Copa Libertadores nesta quarta-feira e avançar de fase, o Palmeiras chegou a mais um recorde. Com a classificação, o Verdão disputará a sua 10ª semifinal da competição continental, igualando as marcas de Grêmio e São Paulo.

Os dois tricolores eram as duas equipes brasileiras com mais participações dessa fase da Libertadores. Agora, ambos ganham a companhia do Palmeiras, que chegou à sua terceira semifinal seguida, e a 10ª em sua história.

Além dos últimos dois anos (quando foi bicampeão consecutivo) e da temporada atual, o Verdão foi semifinalista em 1961, 1968, 1971, 1999 (campeão), 2000, 2001 e 2018. 2001 e 2018.

Já o rival São Paulo foi o primeiro clube a chegar em dez semifinais, nos anos de 1972, 1974, 1992 (campeão), 1993 (campeão), 1994, 2004, 2005 (campeão), 2006, 2010 e 2016.

Também tricampeão da Libertadores, o Grêmio foi semifinalista em 1983 (campeão), 1984, 1995 (campeão), 1996, 2002, 2007, 2009, 2017 (campeão), 2018 e 2019.


O Palmeiras ainda é dono de outros recordes na Copa Libertadores. Ao reagir e buscar o empate em 2 a 2 no jogo de ida, disputado no Mineirão, o Palmeiras ainda ampliou o próprio recorde de 20 jogos consecutivos sem derrota como visitante na Libertadores competição continental.

Na sua 23ª participação, o Verdão é a equipe que mais disputou o torneio continental, seguido justamente de Grêmio e São Paulo, que têm 21.

Na atual edição da competição, ao vencer todos os jogos e somar 18 pontos, o Palmeiras estabeleceu a melhor campanha de fase de grupos da história da Libertadores. Também nesta edição, a equipe de Abel Ferreira é dona do melhor ataque (35 gols) e da melhor defesa (cinco gols sofridos).

Deixe seu comentário