Palmeiras faz acordo com Atlético Nacional e inicia pagamento de dívida por Borja

São Paulo, SP

11-08-2020 15:57:21

O Palmeiras e o Atlético Nacional enfim conseguiram estabelecer um acordo para quitar a dívida pela contratação do centroavante Miguel Borja. Pelo acerto, o clube brasileiro pagará US$ 3 milhões ao time colombiano, divididos em seis parcelas de US$ 500 mil.

Em 2017, por 70% dos direitos econômicos de Borja, o Palmeiras pagou US$ 10,5 milhões ao Atlético Nacional. O contrato estabelecia que o clube brasileiro deveria desembolsar mais US$ 3 milhões pelos outros 30% caso o centroavante não fosse vendido até o mês de agosto de 2019.

Na interpretação da diretoria do Palmeiras, não havia um prazo para efetuar o pagamento, visão contestada pelo Atlético Nacional. O clube colombiano, então, resolveu acionar a Fifa para receber a dívida em torno de Miguel Borja, e a entidade deu razão ao clube.


De acordo com informação publicada pela imprensa colombiana, o Palmeiras já pagou ao Atlético Nacional a primeira das seis parcelas de US$ 500 mil. A pandemia de covid-19 paralisou os principais campeonatos pelo mundo e impôs uma nova realidade financeira aos clubes.

Em dezembro do ano passado, em uma operação sem custos, o Palmeiras definiu o empréstimo por um ano de Miguel Borja ao Junior Barranquilla, seu time de coração. A equipe colombiana, responsável pelo pagamento dos salários, é obrigada a exercer a compra em definitivo caso o atleta participe de 73% dos jogos ou marque 23 gols.

Após conquistar a Copa Libertadores 2016 pelo Atlético Nacional, Borja foi a contratação mais cara da história do Palmeiras. Em 112 partidas com a camisa do time palestrino, o centroavante colombiano marcou um total de 36 gols e conquistou o Campeonato Brasileiro 2018.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?