Moisés projeta sucesso com Roger e torce por grandes reforços

São Paulo , SP
24/11/2017 17:00:19

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Palmeiras

Após um 2017 decepcionante para o Palmeiras, o meio-campista Moisés, um dos principais jogadores do elenco, projeta uma temporada de sucesso sob o comando do técnico Roger Machado. A despeito da possível concorrência pela posição, ele torce pela chegada de reforços de alto nível para 2018.

“No Atlético-MG, talvez não tenha sido tão bom, mas no Grêmio o Roger teve um excelente trabalho e a gente espera com ele fazer um grande ano em 2018. Sem dúvida, vamos dar todo apoio. Torcemos para que o torcedor também apoie incondicionalmente, porque assim facilita tudo”, disse Moisés à ESPN Brasil.

Querido pelo elenco, Alberto Valentim comanda o time apenas até o final do Campeonato Brasileiro. A escolha da diretoria por Roger Machado, ainda no início de sua carreira, foi criticada por alguns palmeirenses, fato minimizado por Moisés, conhecer do ambiente palestrino.

“Qualquer um que trouxer, nunca vão estar 100% satisfeitos. Sempre tem algum questionamento”, resumiu. “Nunca trabalhei com o Roger, mas no mundo do futebol você vai conversando e trocando informações. Do Roger, a gente ouve falar muito bem. É um cara muito dinâmico”, completou, pedindo paciência com o novo treinador.

“O principal ponto é ter continuidade. No ano passado, acabou que o Cuca não pôde ficar. Depois, chegou o Eduardo, o Cuca voltou e houve outra troca. Então, é importante ter continuidade de comando para que possamos evoluir durante toda a temporada e não trocarmos no primeiro momento difícil”, opinou.

Antes mesmo de acertar com Roger Machado, o Palmeiras contratou o zagueiro Emerson Santos (Botafogo) e o lateral esquerdo Diogo Barbosa (Cruzeiro). A eventual chegada de Lucas Lima (Santos) seria aprovada por Moisés, atual dono da camisa 10 alviverde.

“O Palmeiras está no mercado e torcemos para que faça grandes contratações”, afirmou. “É até bom, porque eu voltaria a atuar um pouco mais dentro da minha posição. Jogo em todas no meio campo, mas já deixei claro que minha principal é como segundo (volante). Então, não vai ter problema nenhum. Se tiver que chegar, vai ser muito bem recebido”, disse, sobre o santista.