Justiça suspende bloqueio de R$ 200 mi de Scarpa e do Palmeiras

São Paulo , SP
09/08/2018 19:00:08 — 10/08/2018 00:54:56

Em: Escolha do editor, Fluminense, Futebol, Palmeiras
Meia Gustavo Scarpa participa de treinamento do Palmeiras no Paraguai (Foto: Cesar Greco/Divulgação)

A longa batalha jurídica decorrente da saída do meio-campista Gustavo Scarpa do Fluminense avançou durante a tarde desta quinta-feira. A ordem de bloqueio de R$ 200 milhões do jogador e do Palmeiras, determinada no final da última semana, foi suspensa pela Justiça.

Na sexta-feira passada, a juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, acatou pedido do Fluminense e determinou o arresto de R$ 200 milhões de Gustavo Scarpa e do Palmeiras. O valor foi estabelecido com base na multa rescisória do jogador com o clube tricolor.

Nesta quinta, os advogados do atleta apresentaram uma reclamação correicional contra a decisão da juíza de primeira instância. A desembargadora Mery Bucker Caminha, vice-corregedora do Tribunal Regional do Trabalho-RJ, deferiu a liminar ordenando a imediata suspensão da ordem de bloqueio.

De acordo com nota oficial assinada pelo advogado Bruno Tocantins, representante de Gustavo Scarpa, a desembargadora determinou ainda que “Dalva Macedo não realize quaisquer atos de execução adicionais no processo em favor do Fluminense”.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Com Gustavo Scarpa à disposição, o Palmeiras entra em campo pelas oitavas de final da Copa Libertadores na noite desta quinta-feira. No Estádio La Olla, sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari, o time alviverde enfrenta o Cerro Porteño, pela Copa Libertadores.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?