Galiotte critica a arbitragem após empate do Palmeiras: "Lamentável o despreparo"

São Paulo, SP

24-11-2021 01:20:09

Nesta terça-feira, o Palmeiras ficou no empate por 2 a 2 com o Atlético-MG, no Allianz Parque. Após a partida, o presidente Maurício Galiotte se pronunciou pelo perfil oficial do clube no Twitter, criticando a arbitragem.

“Impressionante a falta de critério da arbitragem e do VAR para lances tão parecidos, com decisões tão diferentes. Lamentável o despreparo. Precisamos evoluir muito nas questões envolvendo a arbitragem", pontuou Galiotte.

Na coletiva, o auxiliar João Martins, que substituiu o suspenso Abel Ferreira, também teceu duras críticas à arbitragem.

O lance que gera a revolta do Palmeiras é o segundo gol do Atlético-MG. Hulk finaliza de fora da área e Nacho Fernández, em posição irregular, sai da trajetória da bola. O árbitro Anderson Daronco, no entanto, entendeu que o argentino não participou diretamente do lance.

Na visão do Verdão, a interpretação da arbitragem não vem sendo isonômica. Contra o Fluminense, o time comandado por Abel Ferreira sofreu um gol em que o adversário impedido abaixa após chute de Yago Felipe. Na ocasião, o tento foi validado. No jogo seguinte, contra o Fortaleza, Patrick de Paula marcou em finalização de fora da área, mas o árbitro entendeu que Gustavo Gómez interferiu na visão do goleiro. Como o paraguaio estava impedido, o gol foi anulado.

 


A delegação do Alviverde embarca rumo a Montevidéu nesta quarta. Na capital uruguaia, disputa a final da Libertadores com o Flamengo no sábado, às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário.

Com o resultado desta terça, o Palmeiras foi aos 59 pontos, na terceira posição do Campeonato Brasileiro. O time volta a campo pela competição nacional apenas na terça-feira da semana que vem, contra o Cuiabá, às 22h, na Arena Pantanal.

Deixe seu comentário