Fora há dois meses, Moisés confessa ter descontado ansiedade na comida

Theo Chacon* - São Paulo,SP

09-05-2016 11:58:34

Após três anos no futebol da Croácia, Moisés voltou ao Brasil e, logo no primeiro jogo como titular pelo Verdão, teve a infelicidade de se lesionar. A fratura no pé o deixou de fora de boa parte do Paulistão e de toda a campanha na Libertadores.

Em coletiva nesta segunda, em semana de estreia no Brasileirão, o meia admitiu que tentou amenizar o sofrimento dos primeiros dias após a lesão saindo da dieta. Agora, o desafio é recuperar a forma física o mais rápido possível para ficar à disposição da comissão técnica.

“Não foi fácil, foi um baque muito grande. Aí você se apega na família, em Deus, para ficar forte. Acabei até descontando na comida, não tive o que fazer, acabei comendo bastante. Você fica em casa e era um jeito de me distrair um pouco. Faz parte”, contou o atleta, que engordou três quilos e resolveu se dedicar a um processo psicológico e físico para contrapor os prognósticos médicos.

Com previsão inicial de quatro meses para a plena recuperação, Moisés conseguiu voltar aos treinos com o grupo em dois meses e 20 dias. Operado no dia seguinte à constatação da fratura, em 15 de fevereiro, o jogador agradeceu pelos cuidados do departamento médico e pela atenção do elenco, que estiveram ao lado durante todo o tempo.

“Fizemos um trabalho excelente, todo o pessoal me deu uma atenção grande. Acabei unindo forças para me dedicar ao máximo e voltar um pouco antes”, comentou Moisés, que não se mostrou incomodado após acompanhar a reformulação do elenco, com a saída de titulares como Robinho, à distância.

“Fica um pouco de ansiedade para saber se vai ser utilizado ou não. Antes de me machucar, eu estava muito bem no dia a dia e me senti confiante. Confio muito no meu trabalho. Se cheguei aqui é porque tenho qualidades, e agora darei tudo para honrar essa camisa”, concluiu.

*especial para Gazeta Esportiva

Deixe seu comentário