Felipão alfineta imprensa e garante que vai seguir seu repertório

São Paulo, SP

29-08-2019 20:00:25

Durante a primeira coletiva após a eliminação do Palmeiras da Libertadores, Felipão deixou uma parte das críticas sobrar para a imprensa. Para o técnico, que foi mantido no cargo após uma série de especulações de sua saída, seu trabalho é perseguido.

"Quem perdeu as duas melhores oportunidades foi o Willian. Mas nós jogamos feio. No segundo tempo quem chutou a bola para frente, quem se defendeu, quem caiu foi o Grêmio. Mas não vejo vocês (jornalistas) falarem isso porque têm uma imagem minha e outra do Renato (Gaúcho). Não estou aqui para desconstruir essa imagem. Todo time tem condições de melhorar A ou B", disse.


Essa não é a primeira vez que Scolari afirma que sua equipe joga bonito. Após a eliminação na última terça-feira, ele garantiu que o alviverde joga dessa forma e obtém resultados - nesta quinta, ele reiterou que não discutiria métodos e ideias de jogo e treinamento.

Ainda assim, jornalistas presentes perguntaram ao treinador sobre a quantidade excessiva de laterais arremessados dentro da área. "É proibido agora? Então vou pedir para o jogador do Grêmio não botar a bola para fora", ironizou. "Em 2016, quando o Cuca estava aqui, não tinha o Cucabol, de lateral direto na área?", questionou.

Ele continuou criticando o viés adotado pela mídia. "Se tenho uma jogada interessante não vou usar porque vocês acham que é exagero? Vou usar cada vez mais. Tenho outras opções durante o jogo. Foi do lateral que o Willian perdeu o gol, chutou na trave? Não. É que vocês estão vendo pelos olhos de vocês, não vou seguir esse repertorio, vou seguir o meu. Se é uma jogada boa vou usar", continuou.

Em outro momento da coletiva, Felipão foi indagado do motivo de os jornalistas não poderem ficar nos treinos - as atividades do Palmeiras, em sua maioria, têm apenas os primeiros minutos liberados para a imprensa.

"Porque no primeiro treino treinamos com os juniores, treino é treino, igual participação de jogo. O Felipe Melo deu uma chegada no menino do júnior e no outro dia era capa de jornal. Não adianta eu querer tratar de outras formas e vocês têm outro objetivos, tem de noticiar. Eu não tenho rancor, meu amigo. Tenho apenas que proteger meus atletas de coisas que podem sair aí que não são as normais", concluiu.

Após abrir 1 a 0 em Porto Alegre, o Palmeiras levou a virada do Grêmio em pleno Pacaembu, por 2 a 1, e acabou eliminado da Copa Libertadores nas quartas de final da competição. Agora, só resta à equipe a disputa do Campeonato Brasileiro, no qual é o terceiro colocado, com 30 pontos conquistados e um jogo a menos. O próximo compromisso é neste domingo, às 16h (de Brasília), contra o líder Flamengo.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?