Futebol/Campeonato Paulista

Dudu usa início de Cuca como exemplo e pede paciência à torcida

Bruno Calió - São Paulo , SP
14/02/2017 10:00:43

Em: Campeonato Paulista, Futebol, Notícias, Palmeiras

Quem analisa o início de Cuca no Palmeiras, com quatro derrotas nos primeiros jogos, poderia duvidar que o mesmo time se tornaria campeão brasileiro ao final da temporada, após 22 anos de jejum. Levando em conta o começo ruim do antigo comandante, o meia-atacante Dudu pede paciência à torcida nos primeiros jogos sob o comando de Eduardo Baptista, que perdeu seu primeiro jogo comandando o Verdão.

“Quando o Cuca chegou, foram quatro derrotas, se não me engano. Acho que o Cuca fez bem para o Palmeiras, um grande trabalho, mas devemos esquecê-lo, é passado. O Eduardo Baptista está aqui, fazendo bom trabalho. Estamos nos adaptando ao estilo de jogo. Temos de estar tranquilos e focados no trabalho dele, dar continuidade”, afirmou.

Dudu pediu paciência à torcida com as críticas (Foto: Cesar Greco/Divulgação)
Dudu pediu paciência à torcida com as críticas (Foto: Cesar Greco/Divulgação)

“O torcedor tem de entender que ano passado tínhamos um estilo de jogar diferente. Chega um novo treinador, muda do estilo do Cuca para o Eduardo. Eles têm de ter paciência, tranquilidade. Sabemos que eles (torcedores) não têm, pela expectativa que se está criando, pelas contratações, querem resultado imediato, mas estamos tranquilos”, completou Dudu.

Fato é que o Palmeiras não apresentou um bom futebol frente a Botafogo-SP e Ituano, nos dois primeiros jogos do Campeonato Paulista. Sem querer fazer previsões, Dudu não quis estabelecer um prazo para o time retomar o bom rendimento, mas aposta nos retornos de peças importantes, como o meia Moisés, para que isso aconteça.

“Só o tempo para saber (quando iremos retomar o bom futebol). Não só eu, mas outros jogadores estão abaixo. Alguns nem jogaram ainda, como é o caso do Moisés, que está voltando. Esperamos os outros jogadores que chegaram se adaptarem ao clube, ao nosso estilo de jogo, e nós nos adaptarmos ao estilo do Eduardo para não dar vacilos como demos contra o Ituano”.

Leia mais:

Barrios brilha em jogo-treino com Mina e Moisés; Borja treina com bola

Dudu comenta mudanças e admite preferência por esquema de Cuca

“Eu fico meio maluco, gosto de ganhar, jogar bem, ajudar meus companheiros. Quando as coisas não acontecem ficamos meio chateados por alguns comentários da torcida, da imprensa, alguns duvidando do trabalho do treinador. Tentamos ajudar ele da melhor forma possível, para que esses comentários não possam atrapalhar a gente”, afirmou o camisa 7.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o São Bernando no Palestra Itália, quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Já mirando uma recuperação, Dudu finalizou com um recado aos palmeirenses: “Quando perco fico meio estressado uns dias, mas nada que não mude na quinta-feira”.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?