Responsável pelo gramado da Arena do Grêmio explica situação do campo após enchentes - Gazeta Esportiva
Responsável pelo gramado da Arena do Grêmio explica situação do campo após enchentes

Responsável pelo gramado da Arena do Grêmio explica situação do campo após enchentes

Gazeta Esportiva

Por Redação

15/05/2024 às 11:29 • Atualizado: 15/05/2024 às 11:33

São Paulo, SP

Nesta quarta-feira, Fabio Camara, da empresa World Sport, responsável pelo gramado da Arena do Grêmio, explicou algumas questões a respeito do campo após as enchentes no Rio Grande do Sul, devido às fortes chuvas no estado.

"A gente precisa esperar a água diminuir para fazer uma avaliação de como proceder com o gramado", disse em entrevista à Rádio Grenal.

Fabio também revelou o tempo estimado para o gramado estar apto a receber uma partida após a troca.

"A troca da grama, dependendo da espessura, você consegue jogar em 30 dias. Após revisões e certeza que tudo está funcionando, a possibilidade de ter jogos entre 30 e 40 dias, é muito grande."



Além disso, ele salientou que ainda não é possível prever financeiramente os reparos nos gramados.

"É complicado estabelecer uma média de valores para reparos. Precisamos esperar o volume da água diminuir", afirmou.

Afetado pelas fortes chuvas, o Grêmio não entra em campo desde o dia 30 de abril, quando empatou com o Operário em 0 a 0, fora de casa, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Em seu estádio, a última partida foi realizada no dia 20 de abril e terminou com vitória do Tricolor Gaúcho por 1 a 0 sobre o Cuiabá pelo Campeonato Brasileiro.

A CBF adiou os duelos dos times do Rio Grande do Sul até o próximo dia 27. Porém, as equipes gaúchas solicitaram a paralisação total do futebol brasileiro e a situação está sendo avaliada pela entidade.

Conteúdo Patrocinado