Futebol/Copa do Nordeste

Campeão da Copinha, Del’Amore projeta retorno e quer se firmar titular no Fortaleza

Victoria Leite* - São Paulo , SP
22/03/2017 08:09:48 — 22/03/2017 14:09:50

Em: Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Corinthians, Fortaleza, Futebol, Região Nordeste
Del'Amore fará sua estreia num clássico nordestino, nesta quarta-feira (Foto: Think Ball)
Del’Amore fará sua estreia num clássico nordestino, nesta quarta-feira (Foto: Think Ball)

Um dos destaques na equipe que foi campeã pela décima vez, na Copa São Paulo, com o Corinthians foi o zagueiro Vinicius Del’Amore. Inconfundível por conta de sua barba, o jogador foi acolhido pela torcida alvinegra, que se tornou protagonista em sua renovação de contrato com o time paulista. Sem espaço no grupo, Del’Amore foi emprestado ao Fortaleza, onde terá a chance de jogar como titular num clássico nordestino, nesta quarta-feira, pela primeira fase da Copa do Nordeste.

Quando deixou o Corinthians, no início do ano, o elenco contava com cinco zagueiros no plantel, dificultando sua possibilidade de atuar. Com o vínculo renovado até 2020, o jogador foi transferido ao clube do Ceará, onde já estreou entre os onze numa semifinal de Campeonato Cearense. Na ocasião, o Tricolor saiu com a vitória sobre o Tiradentes, por 3 a 2.

“Minha vinda para o Fortaleza tem sua importância, porque vou pegar bastante experiência. Vou ter rodagem. Aqui é um clube de massa, tem torcida muito forte. Pesa muito você entrar numa Arena Castelão lotada, você sendo um zagueiro com apenas 20 anos. Espero que eu consiga aproveitar muito este ano, para que quando eu voltar, possa estar pronto para ajudar o Corinthians no que for preciso, também”, avaliou.

Del’Amore acredita que só poderá ter chance de brigar pela vaga caso tenha apenas Léo Santos e Pedro Henrique atuando na função, no elenco. Além destes, no momento, o Corinthians conta Balbuena, que tem contrato até o ano que vem, Pablo, que está emprestado pelo Bordeaux (FRA) por uma temporada, e Vilson, machucado.

Além de ter sido bastante procurado por times do Brasil, o jovem chegou a entrar na lista de desejos de algumas equipes da Europa. A que mais se interessou foi a italiana Lazio, que mandou representantes do clube assistirem as suas atuações com a camisa do Corinthians no torneio júnior.

Aos 20 anos, o jogador já tem bastante rodagem pelo futebol de base. Ele atuou pelo União Barbarense, Desportivo Brasil e o grande rival paulista de seu atual time, Palmeiras, onde ficou dos 15 aos 18 anos. Em setembro de 2015, o defensor retornou ao Alvinegro, mas não pôde atuar com a equipe pelo Paulista Sub-20, pois ainda estava na lista do Verdão. Diante disso, teve a chance de passar por uma das experiências mais enriquecedoras de sua carreira: treinar sob o comando de Tite. “Ele (Tite) pedia por jogador. Geralmente subíamos eu e Guilherme Romão. Ele chamava por posição e pedia por nome. Cheguei até a ser relacionado com o Oswaldo (Oliveira) depois”, acrescentou.

Alinhado ao seu bom nível técnico, Del’Amore também chamou a atenção na Copinha por um aspecto estético. A barba longa fez com que o atleta se tornasse inconfundível. De família religiosa, o jogador explicou o motivo por cultiva-la. “Os relatos que tem sobre a barba, de antigamente, é que as pessoas que deixavam-na crescer, no dia em que fossem julgadas por algo que tivessem feitos, se fosse culpadas, perdiam a barba, porque era um sinal de honra. É uma punição exposta. Barba é honra. Deixo assim porque sei que sou um jogador honrado. Se eu pisar em qualquer time, sei que vou ser campeão”, destacou.

Prestes a estrear num clássico da Copa do Nordeste, o zagueiro só vê vantagens em ter escolhido defender as cores do Tricolor, por enquanto. Nesta quarta-feira, o Fortaleza encara o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, às 21h45 (de Brasília), com a expectativa de casa cheia.

Sob o comando de um forte general, jamais haverá soldados fracos. ☝?? #tkgod #fec

Uma publicação compartilhada por Vinicius Del’Amore ® (@vinidelamore) em

Em especial para a Gazeta Esportiva*