Futebol

Retrospectiva 2019: Do bom futebol ao alívio no Fluminense

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
31/12/2019 10:00:12

Em: Brasileiro Série A, Fluminense, Futebol, Notícias

O Fluminense teve um ano conturbado dentro e fora dos campos. A promessa no início de 2019 era de um time ofensivo após a chegada do técnico Fernando Diniz. Os tricolores chegaram a encantar durante boa parte do ano, mas a falta de resultados quase fez a equipe ser rebaixada no Brasileiro. Fora das quatro linhas, a mudança de diretoria e os problemas entre os dirigentes também conturbaram o clima nas Laranjeiras.

Fernando Diniz fez boa campanha no Campeonato Carioca, Copa do Brasil e Sul-Americana, mas o desempenho no Campeonato Brasileiro culminou na sua saída. A torcida não gostou da decisão da diretoria, que foi influenciada pelo vice presidente Celso Barros.

Barros ainda foi criticado por ter contratado Oswaldo de Oliveira, que realizou péssima campanha no comando do tricolor, chegando inclusive a bater boca com o meia Paulo Henrique Ganso ainda em campo, no empate com o Santos. O presidente Mário Bittencourt tomou as rédeas da situação, demitiu o treinador e afastou o vice das questões do futebol.

As determinações fizeram o clima fora de campo ficar péssimo, mas melhorou o desempenho do Fluminense dentro de campo, sob o comando do interino Marcão. Mesmo com dificuldade, os tricolores se livraram da zona de rebaixamento e ainda terminaram dentro da zona de classificação para a Sul-Americana.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com