Futebol/Sul-Americana

Fluminense recebe o Atlético Nacional pela Sul-Americana

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
23/05/2019 08:20:26

Em: Atlético Nacional-COL, Copa Sul-Americana, Fluminense, Futebol, Notícias
Fernando Diniz tem apenas uma dúvida no ataque (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

O Fluminense inicia a sua difícil tarefa na segunda fase da Copa Sul-Americana nesta quinta-feira, às 21h30, quando recebe o Atlético Nacional da Colômbia no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela rodada de ida. O jogo da volta, em território colombiano, será na próxima semana.

Os visitantes têm se destacado no cenário recente do futebol continental, tendo ganho a Copa Libertadores de 2016 e só não disputado a final da Copa Sul-Americana do mesmo ano por conta do trágico acidente aéreo que vitimou boa parte da delegação da Chapecoense, o outro finalista. Por sugestão do próprio Atlético Nacional, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) decretou a equipe catarinense como a grande campeã.

Fernando Diniz, técnico do Fluminense, sabe que a sua equipe vai precisar jogar muito mais do que na fase anterior, quando eliminou o modesto Antofagasta com dificuldade, ganhando por 2 a 1 no Chile, após empate sem gols no Maracanã. O time, porém, vem em uma crescente e ganhou novo fôlego ao golear o Cruzeiro por 4 a 1 no fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro. Esta evolução anima o treinador, que espera contar com o apoio da torcida.

“O nosso objetivo é subir sempre um degrau por jogo e fizemos uma grande partida contra o Cruzeiro. Mas agora teremos outro grande desafio e com caráter eliminatório. Precisamos de um grande resultado e da torcida mais uma vez ao nosso lado”, disse Diniz.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Os jogadores tricolores sabem que precisam de um bom resultado no Maracanã para terem tranquilidade em Medellín.

“Nós sabemos que precisamos fazer a lição de casa pois o adversário é muito perigoso jogando na Colômbia e temos que viajar com tranquilidade. O jogo desta quinta-feira não vai ser dos mais tranquilos, porém, é importante que a gente consiga se impor”, disse o lateral-direito Gilberto.

O Fluminense tem uma dúvida em sua escalação para esta partida. Como o meia Léo Artur não está inscrito na competição, João Pedro ou Marcos Paulo, um dos dois integrantes do novo Casal 20 tricolor, vai assumir a condição de titular. O artilheiro Pedro, que se recupera de uma pancada recebida na perna esquerda, não foi inscrito no torneio.

O Atlético Nacional chega em crise para este jogo. O time foi eliminado de forma precoce pelo Libertad na terceira fase da Copa Libertadores e não vem bem no Campeonato Colombiano. O técnico Paulo Autuori, um velho conhecido dos brasileiros, vem falando em tom de despedida e dificilmente permanecerá no cargo após o jogo contra o Fluminense.

“Ao longo de minha vasta expoeriência internacional sei quando o ambioente de um clube ajuda ou não o trabalho a fluir. Existem muitos interessados no cargo de técnico e o Atlético Nacional parece querer novas diretrizes para o segundo semestre”, disse Autuori.

A equipe não lembra em nada o time que conquistou a Copa Libertadores há três anos. O jogador mais conhecido do público brasileiro é o veterano atacante argentino Hernán Barcos, o Pirata, que deixou o Cruzeiro no fim do ano passado.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-BRA X ATLÉTICO NACIONAL-COL

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de maio de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann (Chile) e Claudio Rios (Chile)

FLUMINENSE: Agenor, Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Allan, Daniel e Paulo Henrique Ganso; Luciano, Yony González e João Pedro (Marcos Paulo)
Técnico: Fernando Diniz

ATLÉTICO NACIONAL: José Cuadrado, Aldo Ramírez, Daniel Bocanegra, Nicolás Hernández e Deiver Machado; Brayan Rovira, Sebastián Gómez, Juan Pablo Ramírez e Pablo Cepellini; Brandon Caicedo e Hernán Barcos
Técnico: Paulo Autuori