CSA

Futebol

Cabo afirma que CSA vai em busca da vitória na Ressacada

São Paulo , SP
11/05/2019 09:54:07

Em: Brasileiro Série A, CSA, Futebol, Notícias
Equipe alagoana soma dois pontos no Brasileirão até o momento (Foto: Thiago Parmalat/RCortez/CSA)

Ainda sem vencer no Campeonato Brasileiro, Avaí e CSA se enfrentam neste domingo, às 19h, na Ressacada. Em Maceió, o técnico Marcelo Cabo afirmou em entrevista coletiva que a equipe alagoana buscará conquistar seu primeiro triunfo na competição e ainda relembrou o confronto recente entre as duas equipes na Série B de 2018.

“É um jogo fora de casa, e o Avaí vem de duas derrotas e um empate. Vai tentar de qualquer forma se reabilitar em casa, da mesma forma nós vamos em busca da nossa primeira vitória. Eles também vão em busca da primeira vitória jogando em casa. É um clássico que já vem desde a Série B do ano passado, duas equipes que se respeitam”, analisou Cabo.

“Eles têm um treinador muito experiente, conhece muito bem quando a sua equipe joga dentro da Ressacada, mas a gente tem plena condição de ir lá, fazer um jogo competitivo, surpreender o Avaí e buscar a nossa primeira vitória”, completou o treinador.

Marcelo Cabo ainda tem dúvidas em relação ao time que entrará em campo na Ressacada. Nilton, volante recém contratado, deverá ser titular, jogando ao lado de Naldo, Didira, Madson e Matheus Sávio no meio de campo. A maior incógnita está na lateral-direita, já que o titular Apodi está com uma virose. Dessa forma, Celsinho poderá iniciar a partida na posição.

Independentemente do time escalado para enfrentar o Avaí, o treinador do CSA fez questão de ressaltar que sua equipe tem um modelo de jogo definido, que não é alterado mesmo com a mudança dos nomes em campo.

“A gente tem um padrão de jogo definido, esse padrão que a gente usou diante do Palmeiras e do Santos. Só que a gente cria algumas circunstâncias dentro desse padrão. Eu posso muito bem tirar um meia e colocar mais um atacante, como eu fiz no jogo diante do Santos: tirei um volante e coloquei o Victor, o time ficou mais ofensivo. Posso também optar por três atacantes, mas a ideia e o padrão são os mesmos”, garantiu o comandante.