Mano nega time reserva e espera dar ritmo a todos os jogadores do Cruzeiro

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte,MG

06-02-2017 10:27:42

Logo quando saiu a escalação do Cruzeiro para o jogo contra o Tricordiano, na tarde desse domingo, em vitória por 2 a 1, um time diferente foi percebido, com apenas dois titulares em relação aos últimos duelos. O técnico Mano Menezes, no entanto, destacou que a equipe não era reserva e deu condições iguais a todos os atletas do elenco.

Leia mais: 

Ábila marca duas vezes e reservas do Cruzeiro mantém 100% no Mineiro

Mayke celebra retorno aos gramados após sete meses afastado no Cruzeiro 

"Primeiro, vou repetir para o torcedor do Cruzeiro entender: nós ainda não temos um time reserva e titular. São todos jogadores de alta qualidade no nosso elenco. Separamos em dois grupos porque o grande número de jogos do mês não permitiria que a gente jogasse todos os jogos com a mesma equipe. Não escolhi um time reserva para jogar com o Tricordiano, escolhi quem estava melhor fisicamente para jogar", esclareceu o treinador que ainda explicou que vários jogadores estavam desgastados por causa do clássico do meio de semana, vencido pelo Cruzeiro por 1 a 0.

"Na quarta-feira o time correu e se comprometeu para ganhar o clássico, então, não dá para pensar que, três dias depois, o time não vai sentir. Neste momento estou preocupado em colocar para jogar quem estiver melhor e fazer o time render. O fato de não ter rendido tão bem, e eu não acho que o jogo foi tão difícil assim, a gente que tornou o jogo mais difícil do que deveria, não muda os planos para frente", salientou.

Embora tenha vencido o Tricordiano por 2 a 1, a Raposa viveu alguns momentos complicados dentro do jogo, sendo inclusive batida em um tento. O treinador acredita que o tempo dará mais ritmo para sua equipe.

"Penso que não falta de entrosamento, mas falta de ritmo mesmo. Fez um jogo parecido, um pouquinho abaixo do primeiro jogo que a outra equipe fez com o Villa Nova (vitória por 2 a 1 com o time principal). Em determinados momentos faltou ritmo, as escolhas não foram tão boas. Mas tenho certeza que, logo na frente, se tiver que usar de novo, vamos estar melhor com esta equipe", concluiu.

Deixe seu comentário