Fábio pede desculpas por falha e Dedé vê equipe “arrebentada” após pênaltis

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

17-02-2016 22:16:19

Em cinco jogos na temporada, o Cruzeiro havia tomado apenas dois gols. Pois, nesta quarta-feira, contra o Fluminense, o time celeste acabou sendo vazado quatro vezes e perdeu para o time carioca por 4 a 3, no Mineirão, pela Primeira Liga.

Diante da atuação muito ruim do sistema defensivo da Raposa, nem mesmo o goleiro Fábio conseguiu escapar das críticas. Quando a partida estava empatada por 3 a 3, o goleiro cruzeirense acabou rebatendo um chute de fora da área e, na sequência, cometeu um pênalti bobo, que foi bem convertido por Diego Souza.

Ao final da partida, o camisa 1 celeste pediu desculpas pelo rebote concedido no lance do quarto gol do Fluminense, mas, se defendeu quanto ao pênalti cometido, alegando que, após o atacante do Fluminense ter feito o corte, não era possível impedir o contato com o adversário.

“Parabéns ao time pela atitude e ao torcedor também que não parou. Infelizmente, o resultado não veio, peço desculpas por não ter feito a defesa total ali e o juiz viu pênalti. Mas o importante é a entrega, a doação que a equipe teve junto do torcedor. Acho que isso vai nos dar força para seguir no restante da competição”, colocou Fábio.

“O cara já tinha chutado a bola, que estava saindo para escanteio. Fechei o chute dele, depois não tem jeito, né? É a lei da física, não tem como parar”, acrescentou.

Para Dedé, Cruzeiro precisa corrigir pontos vulneráveis (Washington Alves/Light Press)
Para Dedé, Cruzeiro precisa corrigir pontos vulneráveis (Washington Alves/Light Press)

Além do quarto gol, o Fluminense já havia convertido um pênalti, que deixou a partida empatada por 1 a 1. Para o zagueiro Dedé, as duas penalidades marcadas “arrebentaram” a equipe cruzeirense.

“Os dois pênaltis arrebentaram a gente. Agora é trabalhar. Estamos sempre frisando isso, trabalhar, trabalhar, trabalhar. Mas temos que acertar os pontos vulneráveis”, destacou o zagueiro.

Com poucas chances de classificação na Primeira Liga, o Cruzeiro volta as atenções para o Campeonato Mineiro e, no próximo sábado, a equipe celeste enfrenta o Tricordiano, às 19h30 (de Brasília), na Arena do Jacaré.

Deixe seu comentário