Coxa e Furacão começam a decidir quem será o campeão paranaense

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba,PR

01-04-2018 08:03:40

O Atletiba 339 deste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Couto Pereira, coloca os rivais Coritiba e Atlético Paranaense, com seu time alternativo, novamente frente a frente para a decisão do Campeonato Paranaense, assim como aconteceu em 2017. Campeões do primeiro e do segundo turno respectivamente, os times tiveram caminho bem diferentes, mas chega ao primeiro jogo da final prometendo muito equilíbrio em campo.

Campeão da Taça Dionísio Filho com uma campanha irregular, o Coxa viveu momentos de turbulência, com muita pressão da torcida após a eliminação na Copa do Brasil e o péssimo desempenho no segundo turno. Contando com um grupo jovem, o técnico Sandro Forner aposta na semana cheia que teve para preparar o time como trunfo para dar a resposta em campo.

O treinador coxa-branca estudou bem o adversário e aproveitou para tentar acertar o time, que não foi definido oficialmente, para a final. “O Atlético já tem um volume de jogo a muito tempo, mudou pouco o jeito de jogar, fizeram uma grande campanha. E não devem mudar essa maneira de jogar. E a gente tentou no tempo que nós tivemos aproveitar para recuperar bem os jogadores, melhorar a parte tática, para que possamos fazer um grande jogos. Precisamos fazer jogos melhores”, avaliou.

Invicto na competição, campeão indiscutível da Taça Caio Júnior, apresentando um futebol eficiente, o jovem time do Furacão conseguiu sob o comando do técnico Tiago Nunes mostrar qualidade tanto nas peças individuais quanto no coletivo. O treinador tem conseguido repetir a mesma base, o que ajudou no ritmo e no entrosamento no grupo. Para a primeira partida da decisão, o único desfalque certo é o volante Deivid, que cumpre suspensão. Pierre deve ser o escolhido par a vaga.

Um dos destaques desta campanha, o meia João Pedro, cobiçado inclusive pelo Corinthians, quer contornar a falta de tempo para treinar após o jogo diante do Londrina exatamente com esse entrosamento do time. “Não temos muito tempo, então é preciso pensar na recuperação e na preparação, para chegarmos bem neste jogo de domingo, no Couto Pereira. Temos que fazer o mesmo que fizemos nos outros jogos. Nosso estilo de jogo está encaixado e o time está bem. Fazendo isso, com certeza teremos outra boa atuação. Dessa forma, ficamos mais próximos de vencer”, concluiu.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 1º de abril de 2019, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci
Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Weber Felipe Silva

CORITIBA: Wilson; Marcos Moser, Alan Costa (Thalisson Kelven), Romércio e Leo Andrade; João Paulo, Júlio Rusch, Matheus Galdezani e Kady (Thiago Lopes); Alecsandro e Evandro (Parede).
Técnico: Sandro Forner

ATLÉTICO PARANAENSE : Caio; Diego Ferreira, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Pierre, Bruno Guimarães e Matheus Anjos; João Pedro, Marcinho e Ederson.
Técnico: Tiago Nunes

Deixe seu comentário