Gazeta Esportiva

Vítor Pereira “modo Corinthians”? Técnico já mostrou identificação com o clube diversas vezes; relembre

São Paulo, SP

08/07/22 | 07:00

Ao embarcar para o Brasil, em 25 de fevereiro, o português Vítor Pereira falou pela primeira vez o famoso "Vai, Corinthians" e começou sua história com o clube do Parque São Jorge. No entanto, para além da tradicional frase dita pelos torcedores mundo afora, o treinador já mostrou identificação com o clube em outros momentos.

O último deles foi na histórica classificação do Corinthians diante do Boca Juniors, em plena Bombonera, para as quartas de final da Libertadores. Após a decisão nos pênaltis, VP fez o famoso "poropopó" em direção à torcida, abraçado a Xavier e Gustavo Mantuan, falou "vai, Corinthians" na coletiva e, nos bastidores, gritou arduamente "isso é Corinthians".

Em praticamente todos os compromissos do Timão, Vítor Pereira enaltece a torcida de alguma forma - independentemente do resultado no placar. Após a goleada sobre o Santos pela Copa do Brasil, na última semana, ele disse:

"O ambiente no estádio é… Quando penso que já vi tudo, eles parecem que conseguem subir o nível. Temos que ir atrás deles. O nível nas arquibancadas foi fantástico, a qualquer hora, portanto, nossa torcida está mostrando que, se seguirmos a qualidade deles, jogaremos em grande nível e conseguiremos mais resultados assim. Não é fácil jogar aqui e é com isso que temos que jogar, com qualidade e com 12º jogador, que é a nossa torcida".

Antes, já havia falado sobre a torcida ser "o motor do clube". "Quando falo do torcedor do Corinthians, é porque eu sinto de verdade. Se eu não sentir as coisas, eu não falo. Eu falo o que sinto. A torcida é o motor, o coração desse clube".

E também antes da classificação para as oitavas da Copa do Brasil, na vitória sobre a Portuguesa-RJ. "Quem nos transmite confiança é a torcida, não o contrário. Nos sentimos na obrigação. Na preleção, eu disse a eles: o clube vendeu 35 mil ingressos, numa quarta à noite, como que nós, contra um time da Série D, não correspondermos em termos de entrega? Às vezes em termos de qualidade não conseguimos. É entrega, é paixão, é respeito… Nunca podemos falhar nisso em relação à torcida".

Em vídeos de bastidores após os jogos, Vítor Pereira demonstra a mesma sensação - como o "isso é Corinthians" mencionado anteriormente - e na beira do gramado também, com diversos vídeos viralizando com suas reações "a la torcedor corintiano".

Vítor Pereira tem 32 jogos no comando do Corinthians, com 13 vitórias, 12 empates e sete derrotas, em um aproveitamento de 53%.


Deixe seu comentário