Vital explica como o Corinthians pretende disputar duas competições

Tiago Salazar - São Paulo , SP
01/09/2019 10:00:56

Em: Brasileiro Série A, Copa Sul-Americana, Corinthians, Escolha do editor, Futebol, Notícias

O Corinthians está garantido na semifinal da Copa Sul-Americana. Como a decisão do título é em jogo único, o Timão pode garantir a conquista inédita para o clube em três jogos. Os equatorianos do Independiente del Valle são os próximos adversários.

Por outro lado, a equipe de Fabio Carille também está bem posicionada no Campeonato Brasileiro. O time tem a chance de entrar no G4 nesse domingo. Então, fica a questão: p Corinthians vai dar prioridade ao torneio continental ou não?
Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, Mateus Vital falou sobre o assunto.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Não posso negar, é uma competição que parece estar mais próxima, mas a gente vem bem no Brasileiro, não sei há quantos jogos a gente não perde. Tenho certeza que a gente vai entrar forte”, explicou, negando que o desgaste da partida contra o Fluminense possa atrapalhar sua sequência entre os titulares.

“Estou bem, garoto novo tem de estar pronto para jogar quarta e domingo, ou quinta e domingo, o que seja. Estou bem, saudável. Se tiver de jogar, estarei pronto, à disposição do professor”.

O adversário do Corinthians nesse domingo é justamente o Atlético-MG, outro semifinalista na Copa Sul-Americana. O encontro agendado para às 19h, na Arena de Itaquera, é confronto direto no Brasileirão e uma possível prévia da grande final a ser disputada no Paraguai.

“O time que está em busca de objetivos, coisas grandes, no Brasileiro ou Sul-americana, não pode escolher adversários, tem que pensar em ganhar sempre. Esse é o nosso objetivo”, minimizou Vital, evitando que a euforia pelo aniversário de 109 anos do clube atrapalhe a concentração dos atletas.

“Aniversário de um grande clube. Vai ter toda essa festa, mas tem que esquecer um pouquinho, ir em busca dos três pontos. É o que a gente quer, nosso objetivo, para que a gente possa brigar lá em cima, e depois do jogo a gente procura entrar nessa festa”, concluiu.

 

Ads – Rodapé Posts




×
Quer receber notícias do Corinthians?