Torcedores apoiam postura do Corinthians em não subir oferta por Michael

Tiago Salazar - São Paulo,SP

01-01-2020 05:00:31

O Corinthians decidiu que não vai entrar em leilão e deve manter a proposta já feita ao Goiás para contratar Michael. Apesar da concorrência de Flamengo e Palmeiras, além de mercados asiático e árabe, o Timão entende que 5 milhões de euros, cerca de R$ 22 milhões, mais três jogadores do elenco alvinegro, é uma oferta atrativa e condizente com o valor de mercado do atacante.

Agora, o trabalho é para convencer os dirigentes esmeraldinos a cederem. Desde o fim do Campeonato Brasileiro, momento que o assédio em cima de Michael se intensificou, o Goiás bate o pé e garante que só pretende negociar mediante ao pagamento da multa, hoje na casa dos R$ 50 milhões.

Os planos opostos dos clubes geraram uma situação curiosa entre torcedores corintianos. A Fiel, que sempre se mostrou favorável a contratação, aliás, chegou a gritar o nome de Michael dentro da Arena em jogo beneficente promovido por Emerson Sheik e tem demostrado toda a expectativa pelo reforço por meio das redes sociais, agora tem adotado um novo tom.

Apesar do reconhecimento de que Michael seria um reforço e tanto para o ataque do Corinthians, boa parte da torcida tem manifestado apoio à diretoria alvinegra na ideia de não entrar em leilão, mesmo que isso custe perder Michael para um rival.

O programa Gazeta Esportiva dessa segunda-feira, por exemplo, perguntou se Michael vale os R$ 50 milhões pedidos pelo Goiás. O resultado da enquete foi um massacre. 90% dos votos cravaram o “não”.

No Twitter, são diversas postagens de torcedores incomodados com a postura do Goiás, muitas vezes até irritados já com Michael e a favor do modo como o Corinthians tem tentado sucesso na contratação. Veja exemplos abaixo:

Deixe seu comentário