Futebol/Corinthians

Sheik cita confiança e pede Corinthians mentalmente forte em clássico

Mateus Videira - São Paulo , SP
12/10/2018 18:38:09 — 13/10/2018 01:01:03

Em: Brasileiro Série A, Corinthians, Escolha do editor, Futebol

Ao que tudo indica, Emerson Sheik deve ser uma das novidades de Jair Ventura para o clássico contra o Santos, neste sábado, às 19h (de Brasília), no Estádio do Pacaembu. Titular nos dois treinamentos antes do duelo pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, o experiente atacante, em seu último ano de carreira, pediu um Corinthians completamente diferente do que se viu no último fim de semana, na derrota por 3 a 0 para o Flamengo em plena Arena de Itaquera.

Nesta sexta-feira, Sheik concedeu entrevista coletiva no Centro de Treinamentos Joaquim Grava e foi enfático ao apontar o que o Timão precisa fazer para tentar surpreender o Peixe, que teve a semana cheia de treinamentos. E entre os pontos comentados, o principal deles não é a questão técnica e muito menos física, mas mental.

Veja também: Jair esconde o jogo e Corinthians deve ter alguns titulares em clássico

Emerson Sheik deve ser titular no clássico (Foto: Divulgação)

“Mentalmente precisamos estar muito fortes, com um nível de concentração muito alto, focados para não acontecer o que aconteceu na semana passada. O que não se deve fazer nós já sabemos, porque vivemos isso contra o Flamengo. Amanhã será extremamente importante, quarta-feira tem uma decisão, mas precisamos estar focados e ter maturidade contra o Santos. Cada atleta entende o que significa um clássico”, disse o atacante.

Na última atividade antes do clássico, Jair Ventura liberou apenas o aquecimento e fechou o restante do treino para fazer os ajustes visando o duelo com o Peixe. Apesar do mistério, a equipe deve ter muitas novidades e jogadores que tem atuado pouco junto com outros considerados titulares. Mesmo assim, Sheik evitou dar pistas do time que deve ir a campo, mas fez uma ressalva quanto a importância do clássico visando uma maior confiança na decisão da Copa do Brasil.

“O Jair ainda não definiu com nós quem vai jogar. Os atletas que jogaram o primeiro jogo da decisão nem foram pra campo, ficaram fazendo um trabalho de recuperação na parte interna e ele testou algumas formações. Mas não podemos dizer que existem dois grupos. o Corinthians é uma coisa só, independente de quem joga, e é assim que temos que pensar”, comentou.

“Pensando na próxima quarta-feira, a confiança dobra com um bom resultado contra o Santos. Claro que a confiança tem que ser maior por jogar uma final, mas final não se joga, final se ganha e acredito que uma vitória neste sábado acaba sendo importante para essa questão de acreditarmos mais”, completou Emerson.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




×
Quer receber notícias do Corinthians?