Ramiro explica primeiro tempo fraco e diz que empate não agrada

São Paulo, SP

25-08-2019 21:29:04

Corinthians e Avaí protagonizaram um primeiro tempo de pouca qualidade técnica, mas cresceram de produção, proporcionaram mais emoções após gols e expulsões dois dois lado na segunda etapa e terminaram empatados em 1 a 1. Logo na saída do gramado da Ressacada, Ramiro explicou os 45 minutos iniciais do Timão, que jogou recheado de reservas.

"Uma equipe que não joga junto. Fica um pouco mais difícil. Não é desculpa, mas é uma situação que conta bastante no futebol. No intervalo, a gente ajeitou algumas coisas que vinham dando errado. Conseguimos corrigir, ter um segundo tempo melhor e criar mais oportunidades de gol. Infelizmente a vitória não veio. Podíamos ficar mais perto da liderança, mas seguimos nossa caminhada", disse o volante ao Premiere.


Apesar de ficar com um a menos, sair atrás do placar e buscar o empate, Ramiro não viu com bons olhos o empate. Com o resultado, o Corinthians não soube aproveitar o tropeço do São Paulo para entrar no G4, mas ultrapassou o Atlético-MG, assumindo a quinta colocação, com 28 pontos.

"Não agrada um empate, independente do adversário e de onde a gente tiver jogando. Nosso objetivo é sempre vencer. A gente podia colar no topo da tabela, mas não conseguimos a vitória. O campeonato é feito de jogos assim, de resultados não tão bons. Nas próximas rodadas vamos procurar somos pontos para seguir perto dos líderes", analisou.

Escalado como titular, Ramiro, por fim, comentou a chance dada por Fábio Carille. "Eu dei meu máximo. Se aproveitei ou não, aí é com a comissão e o Carille, mas eu venho trabalhando forte durante a semana, respeitando o grupo e os companheiros. Quando eu tenho a oportunidade, procuro me dedicar ao máximo. Obviamente que a gente erra e acerta, mas sempre estamos tentando fazer o melhor para o Corinthians", finalizou.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?