Presidente quer festa no clássico e descarta Pato: "Não é bagunça"

Marcos Guedes - São Paulo,SP

20-11-2015 18:13:41

Roberto de Andrade resumiu na palavra “festa” o que espera no domingo, no clássico do campeão brasileiro Corinthians contra o São Paulo, em Itaquera. O presidente alvinegro só se recusou, no clima de celebração, a liberar a presença em campo do atacante Alexandre Pato, emprestado ao rival e impedido por contrato de atuar no Majestoso.

“Zero. Zero. Zero”, afirmou, sobre a chance de o atleta conhecer a arena da zona leste paulistana. “É festa, mas não é bagunça.”

Com o hexacampeonato do Campeonato Brasileiro assegurado, o clube do Parque São Jorge receberá o troféu após o clássico. Todos os ingressos já estão vendidos para o confronto, que tem muito mais importância na tabela de classificação para o São Paulo, ainda na briga por classificação à Copa Libertadores.

“Já é campeão. Já é campeão. É mais um jogo, nada diferente. Festa, festa, festa. É só isso o que eu falo. Tudo pode”, disse Roberto de Andrade, confirmando a cerimônia de premiação em Itaquera. “Tem taça. É oficial isso aí, não fui eu que pedi. A CBF fará a entrega da taça no domingo. Terá festa”

Nessa festa, o dirigente toparia que os atletas do rival São Paulo entregassem as faixas ao Corinthians. Com ironia, ele disse aprovar a praxe adotada em campeonatos europeus – quando um time conquista o título de maneira antecipada, é agraciado pelo adversário da rodada seguinte.

“Não vejo problema nisso. Desde que o adversário concorde. Se o adversário, não concorda, não tem o que fazer. Mas vejo com bons olhos”, sorriu o dirigente, campeão pela primeira vez como presidente da agremiação do Parque São Jorge.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?