Luan é a nova esperança do Corinthians nas cobranças de falta; veja números

Tiago Salazar - São Paulo,SP

21-12-2019 05:00:25

Luan vai ostentar a camisa 7 do Corinthians a partir de janeiro. O número é emblemático, afinal, foi com ele nas costas que Marcelinho Carioca se tornou um dos maiores jogadores da história do clube.

A esperança corintiana é que Luan consiga ser tão decisivo em campo quanto Marcelinho já foi um dia, inclusive nas cobranças de faltas, característica principal que marcou a carreira do Pé de Anjo.

O Corinthians não marca um gol de falta desde 15 de agosto de 2018, quando Jadson balançou a rede da Chapecoense, na Arena Condá.

Nas últimas seis temporadas, o Timão registou apenas oito gols de faltas, e sete deles as custas de Jadson. Maycon, em 2017, foi o único a se meter na série.

Pelo Grêmio, Luan tem 77 gols marcados, três a mais que Renato Gaúcho, maior ídolo gremista. O novo reforço corintiano é o 13º maior artilheiro da história do clube gaúcho.

Pouco menos de 10% dos gols de Luan com a camisa tricolor foram anotados por meio da bola parada. O jogador de 26 anos anotou sete gols dessa maneira. O último em março deste ano, contra o Juventude.


Ou seja, de 2014 a 2019, Luan, sozinho, tem apenas um gol a menos de falta que o Corinthians no mesmo período.

A média está longe do patamar que Marcelinho Carioca obtinha, mas não deixa de trazer otimismo aos corintianos, que passaram toda a temporada 2019 sem assistir um único gol de falta. E olha que Sornoza chegou credenciado para isso, tanto que também recebeu a camisa 7.

Ineficaz, o equatoriano perdeu a titularidade e agora o número. Luan é a nova aposta do Corinthians para pôr fim a esse jejum.

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?