Jair defende atuação do Corinthians e diz que espera ficar para 2019

Tiago Salazar - São Paulo,SP

17-11-2018 22:32:50

O Corinthians conseguiu uma vitória fundamental nesse sábado, em cima do Vasco, na luta pela permanência da equipe na Série A em 2019. O placar de 1 a 0 foi conquistado depois de muito sufoco nos minutos finais, quando os visitantes encurralaram os mandantes dentro da Arena de Itaquera.

Jair Ventura, em entrevista coletiva, garantiu que não pediu a marcação mais recuada de seus comandados, e deu méritos ao adversário pela postura que o jogo tomou após o gol de Mateus Vital.

"A pressão foi mais méritos do Vasco. Imagina perguntar para o treinador do São Paulo se ele recuou (no clássico do sábado passado). Hoje, em nenhum momento eu pedi para recuar, mas mesmo assim tivemos chances de matar o jogo", comentou o treinador, que lamentou a chance desperdiçada por Roger em diversos momentos da coletiva.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

"Depois que fizemos o gol, o Vasco cresceu e mexeram na equipe. Mesmo assim tivemos uma chance clara com o Roger de matar a partida e depois com o Jadson. O fim foi totalmente aberto, com o Vasco jogando bolas dentro da área, mas conseguimos nos segurar e vencer. Vale ressaltar que viemos de dois jogos com 45 minutos com um jogador a menos, e isso desgasta muito a equipe", completou.

O contrato de Jair Ventura com o Corinthians tem vencimento apenas no fim do ano que vem. Mesmo assim, o técnico ainda não se sente totalmente garantido no cargo para a temporada 2019, devido às críticas de boa parte da torcida nessa reta final. Nesse sábado, o próprio Jair aproveitou para demonstrar todo seu interesse em continuar o trabalho.


“A gente segue trabalhando. Quando acabou o jogo do São Paulo, eram só elogios. Como é que pode com um a menos fazer aquele jogo fantástico. E hoje a gente já não faz um jogo tão bom, e vêm as críticas, é normal. Eu sigo trabalhando, está na mão da diretoria a minha permanência ou não, né? Mas é lógico que eu quero muito ficar, estou feliz, adaptado, a gente tem um grupo bom, muito bom de trabalhar... Quem não quer ficar no Corinthians?”, questionou.

A vitória em cima do Vasco levou o Corinthians aos 43 pontos. Para alguns matemáticos, coma penas mais um ponto o Timão já se livra de qualquer possibilidade de rebaixamento. O discurso de Jair Ventura, porém, independe das contas.

“A gente tem que respeitar essa camisa, a nossa torcida, e sabe que tem que melhorar em vários quesitos. Então, a gente tem chance, dentro do campeonato ainda, de encarar com total profissionalismo e buscar a maior pontuação possível. Matematicamente, (o Corinthians) ainda não se salvou, mas sigo o meu discurso de continuar olhando para cima, pois automaticamente você vai se distanciando de baixo, e é isso que o Corinthians vem fazendo”, concluiu.

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?