Já eliminado, Always Ready utilizará reservas contra o Corinthians na Libertadores

São Paulo, SP

25/05/22 | 14:53

O Always Ready, adversário do Corinthians nesta quinta-feira, pela sexta e última rodada da fase de grupos da Libertadores, utilizará jogadores reservas para o duelo. Na lanterna do grupo E e já eliminado, o clube dará prioridade ao Campeonato Boliviano, no próximo final de semana.

"Sim, temos que cumprir tabela. O jogo não interfere para nós, mas temos que cumprir e vamos tentar fazer da melhor maneira. Vamos usar jogadores reservas do clube, e vai ser importante para nós e para eles jogarem essa partida", disse o treinador Eduardo Villegas em entrevista à Always Ready TV.

O Timão perdeu em sua estreia na Libertadores por 2 a 0 diante do Always Ready, na altitude de La Paz. De lá para cá, foram duas vitórias e dois empates, que garantiram a equipe na segunda colocação da chave. O Deportivo Cali é o primeiro e o Boca o terceiro, com oito e sete pontos, respectivamente.


O Always Ready somou apenas aquele triunfo e mais um empate, com mais três derrotas. Diante disso, está virtualmente eliminado da próxima fase e também não consegue uma vaga na disputa da Sul-Americana. Do outro lado, o Timão não só quer uma revanche da única derrota sofrida na competição até aqui, como a garantia da primeira colocação. Veja aqui os cenários possíveis.

Diante disso, Villegas deve escalar uma equipe totalmente diferente daquela da primeira partida, ainda mais que alguns titulares sequer viajaram para São Paulo. Além disso, Marc Enoumba e Nelson Cabrera estão suspensos.

No primeiro jogo, na vitória em cima do Corinthians, o Always Ready entrou em campo com: Giménez; Enoumba, Alex Rambal, Cabrera e Flores; Chumacero, Adrián, Ramallo, Cristaldo e Arce; Riquelme. Mamani, Blanco, Borja, Cortez e Torres entraram no decorrer da partida.

Desta vez, a equipe titular deve ser: Galarza; Mamani, Andreas Martínez, Rambal, Taborga; Árabe, Blanco, Rivera e Borja; Torres e José Martínez.

Já pelo lado do Timão, há três desfalques certos: o mei-campista Cantillo e o técnico Vítor Pereira, que receberam cartão vermelho no jogo contra o Boca Juniors, e Raul Gustavo, pelo terceiro amarelo.

Deixe seu comentário