Gustagol deixa estádio com dor, mas sem sinal de lesão grave no joelho

Tomás Rosolino - São Paulo,SP

02-03-2019 20:19:07

O atacante Gustagol deixou o vestiário do estádio Walter Ribeiro caminhando com certa dificuldade na noite deste sábado, após o empate por 1 a 1 do Corinthians com o São Bento, em Sorocaba, pela nona rodada do Campeonato Paulista. O atleta admitiu estar com dores no joelho esquerdo, em lance que motivou até uma reclamação formal da diretoria, para os diversos torcedores que o esperavam para tirar uma foto.

Bastante simpático, o camisa 19 atendeu a todos os pedidos, chegou a agachar, usando o local da lesão, para ficar na altura de um garoto, e caminhou para uma das saídas do local. Acompanhado do seu assessor, ele não voltou para São Paulo com o ônibus da equipe, já que o elenco está de folga até a tarde da terça-feira, quando tem de se reapresentar no CT. A assessoria do Corinthians não permitiu atendimento à imprensa na saída do vestiário para liberar os atletas rapidamente à folga de Carnaval.

Apesar da preocupação, que só deve ser desfeita totalmente na retomada dos trabalhos, a avaliação inicial é que o lance foi mais um susto do que algo grave. Mesmo com dores, Gustagol deixou o local sem precisar do auxílio de muletas nem qualquer bandagem no local da lesão, procedimento comum quando existe uma contusão preocupante.


No registro feito pela reportagem da Gazeta Esportiva, o centroavante só preferiu não forçar muito a perna esquerda na hora de subir as escadas, utilizando os dois corrimãos para impulsionar o resto do corpo.

No lance em que se machucou, Gustagol puxou rápido contra-ataque, colocou a bola na frente do zagueiro Luizão em pique de quase 30m e tentava se desvencilhar de vez do zagueiro quando sofreu um carrinho por trás. Alguns companheiros chegaram a avisá-lo no vestiário que Pedrinho entrava livre pelo meio, mas o centroavante assegurou não ter visto o companheiro.

"Se tivesse visto, eu soltava a bola e não tomava essa pancada", disse o atacante enquanto os jogadores já se preparavam para deixar o lugar. Liberados dos trabalhos pelos próximos dois dias, os corintianos terão, pela primeira vez desde o início da temporada, uma semana cheia de treinamentos até o próximo jogo, marcado para o dia 10, domingo, contra o Santos, na Arena.

Deixe seu comentário