Corinthians se surpreende e rebate reclamação da Fiel LGBT

São Paulo, SP

03-05-2021 15:42:48

Uma das primeiras ações da gestão liderada por Duilio Monteiro Alves foi receber, no Parque São Jorge, integrantes do coletivo Fiel LGBT. O objetivo do Corinthians com o encontro foi abrir um canal de comunicação e ouvir propostas do grupo.

Entretanto, nessa segunda-feira, o perfil da Fiel LGBT nas redes sociais publicou uma carta aberta para expor a insatisfação do grupo com o clube.

"Enviamos uma proposta do uso da nossa faixa para exibição na Arena e Fazendinha, e não tivemos retorno", diz um trecho do texto.

Em resposta, o Corinthians soltou uma nota oficial em que revela surpresa com a manifestação, e também explica que a Fiel LGBT não procurou o clube da maneira que havia sido acordado.

"Na reunião realizada em janeiro, ainda nos primeiros dias da atual gestão, ficou combinado entre o clube e o coletivo que o ponto focal para o diálogo sobre temáticas sociais era o Departamento de Responsabilidade Social do clube", diz o Corinthians em sua nota, que ainda completa.

"Estarrece-nos, portanto, que o referido departamento não tenha sido sequer contactado antes de o grupo tomar a atitude pública desta manhã, em suas redes sociais, o que pudemos verificar em sindicância interna".

Representantes do clube entraram em contato com a liderança da Fiel LGBT logo após a publicação da carta a fim de buscar respostas para o ocorrido e reforçar o posicionamento de empenho às causas LGBT, independentemente da postura adotada pelo grupo.

Leia a carta da Fiel LGBT:

"Carta aberta ao Sport Club Corinthians Paulista, pelo coletivo FIEL LGBT, onde temos a finalidade de obtermos respostas e demonstrar nossa insatisfação com a falta de retorno do clube para com nossas tentativas de comunicação, que até o momento não foram respondidas.

Narrando os fatos, temos o seguinte:

-Após o episódio da publicação homofóbica direcionada aos torcedores do SPFC, fomos chamados para conversar e levar nossas ideias para serem analisadas. Algum tempo se passou e não tivemos retorno;

-Enviamos uma proposta do uso da nossa faixa para exibição na Arena e Fazendinha, e não tivemos retorno;

-Desde a nossa criação não recebemos reconhecimento nenhum pelo nosso trabalho.

Esses são alguns dos motivos para nossa insatisfação. Sabemos das dificuldades atuais, porém, existem departamentos e cada um cuida da sua área. E só precisamos, no momento, dos (departamentos de) marketing e responsabilidade Social. Quanto a faixa, nós iremos produzir sem que o clube gaste com ela"

Leia a nota oficial do Corinthians:

O Sport Club Corinthians Paulista recebe com surpresa a carta aberta do coletivo Fiel LGBT, publicada nas redes sociais.

Na reunião realizada em janeiro, ainda nos primeiros dias da atual gestão, ficou combinado entre o clube e o coletivo que o ponto focal para o diálogo sobre temáticas sociais era o Departamento de Responsabilidade Social do clube.

Estarrece-nos, portanto, que o referido departamento não tenha sido sequer contactado antes de o grupo tomar a atitude pública desta manhã, em suas redes sociais, o que pudemos verificar em sindicância interna.

Nada disso colabora para o avanço das sugestões encaminhadas ao clube. Apenas causa desgaste desnecessário a uma instituição que permanece fiel à sua História de luta pela igualdade, bem como a uma gestão atenta aos debates democráticos do presente, conforme demonstram nossas recentes manifestações sobre o tema LGBT.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?