Corinthians não tem propostas por Bruno Méndez, mas mantém portas abertas

Marina Bufon e Tiago Salazar - São Paulo,SP

23-06-2022 15:15:48

O zagueiro Bruno Méndez já treina no CT Dr. Joaquim Grava nesta quinta-feira, um dia depois de o Corinthians ter goleado o Santos por 4 a 0 na ida das oitavas da Copa do Brasil.

Apesar de ter acabado de retornar do empréstimo do Internacional, uma nova saída por empréstimo não está descartada. No entanto, segundo apurado pela Gazeta Esportiva, nenhuma proposta chegou ao Timão nesse sentido.

A tendência é que, caso o defensor seja procurado por outro clube, de dentro ou de fora do país, as partes irão conversar e verificar qual a melhor saída, se sua permanência ou, então, sua venda/empréstimo.

Entretanto, vale lembrar que João Victor tem recebido fortes sondagens e pode estar próximo de sair do clube do Parque São Jorge, o que pode “impedir” um eventual novo adeus de Méndez.

O uruguaio só seria negociado se fosse uma ótima proposta, algo irrecusável, o que não aconteceu com o Colorado, por exemplo.


Para relembrar os valores, Bruno Méndez teve valor fixado em 6 milhões de dólares (cerca de R$ 31 milhões, na cotação atual), mas o Corinthians aceitava negociar por menos.

Segundo apurado pela reportagem, a última proposta do Inter foi um pouco inferior a 2,5 milhões de dólares (cerca de R$ 13 milhões), de forma parcelada, por 30% dos direitos do jogador.

O Corinthians queria receber 3 milhões de dólares, até aceitaria fechar por menos (2,5 milhões de dólares), mas não concordou com a forma de pagamento.

Méndez vai disputar vaga com Gil, Robson, Raul Gustavo, Bruno Melo (que também atua como lateral) e João Victor, além dos garotos da base.

Formado pela base do Montevideo Wanderers, Méndez chegou ao Corinthians em 2019, clube que detém 70% dos direitos do jogador. O vínculo dele com o Timão vai até 2023.

Com os treinos em dia no Corinthians, Méndez pode ser relacionado no sábado, para um novo clássico contra o Santos, desta vez pela 14ª rodada do Brasileirão.

No entanto, para tal, é necessário que ele apareça no BID (Boletim Informativo Diário), da CBF, até sexta-feira.

Deixe seu comentário