Futebol/Campeonato Brasileiro

Carille defende declaração sobre time cascudo: “Não estou ofendendo ninguém”

São Paulo , SP
22/09/2019 08:30:57

Em: Brasileiro Série A, Copa Sul-Americana, Corinthians, Futebol, Notícias

Após vitória por 2 a 1 sobre o Bahia no último sábado, o técnico do Corinthians Fábio Carille saiu em defesa do comentário feito após derrota no meio de semana para o Independiente Del Valle pela Sul-Americana, sobre o time alvinegro precisar ser mais cascudo em partidas decisivas como a de quarta-feira.

“Cara, eu sou muito sincero no que eu falo. O nosso time precisa ser mais cascudo para alguns jogos, é minha sinceridade. E se caísse mal perante o grupo, que algumas chegaram, vocês acham que os caras iam correr hoje como correram? Eu tenho um grupo que é inteligente, eles sabem o que eu estou falando. Eu tenho a minha opinião, eles têm a deles, eu respeito a opinião deles, eles respeitam a minha, e a gente vai para o campo trabalhar”, disse.

(Foto: Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians)

“Eu continuo com essa ideia, de 10, 11 anos de Corinthians, precisa (ser mais cascudo), não só eu sei disso, muita gente aqui dentro do Corinthians sabe, e é a minha opinião, não estou ofendendo ninguém, simplesmente estou dando a minha opinião”, seguiu o comandante do Timão.

Após a declaração feita na entrevista coletiva após revés frente ao Del Valle, Pedrinho rebateu o comentário e na zona mista depois de bater o Bahia, revelou chateação.

“Soou mal, soou bem, o dia-a-dia mostra isso, os caras correram para caramba, raça não está faltando em momento algum, pode estar faltando uma melhora taticamente, que aí é a minha parte, pode estar faltando uma parte técnica dos atletas, mas raça isso não”, comentou Carille.

A vitória do sábado terminou com sequência de três partidas sem vitória do Alvinegro e colocou o Corinthians provisoriamente na 4ª colocação do Brasileiro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Então eu falo aqui, eu sou sincero, não é a primeira vez que eu falo alguma coisa e não tenho medo de falar, porque se eu tivesse eu vinha aqui para ficar falando coisas legais. Eu falo o que eu penso, o que vão falar por ai… eu venho aqui, sento e sou muito ciente”, rebatou o treinador.

Carille ainda desmentiu que teve uma conversa com Vagner Love antes da partida em decorrência do comentário. “Teve comentários de que o Love veio falar comigo, não houve nada disso, não sei da onde que tem tanto assunto e a gente está muito concentrado e convicto daquilo que o Corinthians é do que o Corinthians precisa”, finalizou.




×
Quer receber notícias do Corinthians?