Presidente da Federação Chilena renuncia, e Sampaoli também pode sair

São Paulo, SP

18-11-2015 19:01:08

Por meio de um comunicado oficial, a ANFP (Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile) informou, nesta quarta-feira, a renúncia do presidente Sergio Jadue do cargo que ocupava desde 2011. O mandatário vem sendo investigado por supostas irregularidades no pagamento de salários de atletas e dirigentes no futebol chileno, e segundo a imprensa do país, este é o motivo para a saída definitiva do cargo.

Na semana passada, o cartola tinha pedido licença médica de 30 dias alegando necessidade de descansar com a família, e nesta terça viajou aos Estados Unidos para depor nas investigações do FBI sobre o escândalo da Fifa que explodiu em maio deste ano e trouxe à tona diversas irregularidades em confederações sul-americanas.

A saída de Jadue do cargo pode levar a uma outra baixa na seleção chilena: a do técnico Jorge Sampaoli. Aliado confesso do mandatário, o treinador argentino já havia ameaçado demitir-se caso o presidente continuasse ausente na federação. O comandante da Roja, considerado o maior de todos os tempos, pode anunciar sua saída nos próximos dias.

As turbulências nos bastidores da seleção andina tiveram influência dentro de campo, já que nesta terça-feira a equipe sofreu uma dolorida derrota diante do Uruguai pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, por 3 a 0, em Montevidéu. Foi o primeiro revés do Chile desde a conquista da Copa América, em agosto.

Deixe seu comentário