Futebol/Campeonato Cearense

De virada, Fortaleza bate Ceará e quebra jejum de 13 jogos

GazetaEsportiva.net - Fortaleza , CE -
07/03/2015 20:27:00

Em: Campeonato Cearense, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Ceará, Fortaleza, Futebol, Região Nordeste

Neste domingo, o Fortaleza quebrou um jejum de 13 jogos sem vencer o Ceará. Diante de um bom público no Castelão, o Tricolor de Aço bateu o Vozão por 2 a 1, de virada, e chegou aos 7 pontos no Grupo B1 do triangular final do Campeonato Cearense. Já o Alvinegro, apesar da derrota, mantém a liderança do Grupo B2, com os mesmos 7.

O Fortaleza buscou o gol desde o primeiro minuto e, durante toda a partida, criou as melhores chances. Entretanto, quem abriu o placar foi o Ceará, com Ricardinho, aos 20 do primeiro tempo. A equipe comandada por SIlas conseguiu equilibrar o duelo, mas o Fortaleza conseguiu chegar ao empate aos 36, com Daniel Sobralense, de cabeça. No segundo tempo, o jogo ficou mais travado no meio de campo e com muitas faltas. No entanto, aos 40 minutos, quando o Clássico-Rei se encaminhava para um empate, Maranhão marcou um golaço para virar e dar números finais ao duelo.

Agora, as duas equipes voltam a campo no meio de semana, pela Copa do Nordeste. O Tricolor vai à Paraíba medir forças contra o Botafogo, na quarta. Um dia antes, na terça-feira, o Vozão recebe o River-PI, no Castelão.

Gol de Maranhão quebrou jejum de 13 jogos do Tricolor sem vencer o Ceará
Gol de Maranhão quebrou jejum de 13 jogos do Tricolor sem vencer o Ceará – Credito: Divulgação/Facebook

O jogo – O Tricolor começou a partida com uma postura ofensiva, dominando o meio de campo, tendo mais posse de bola e pressionando o Vozão. Aos 8 minutos, em bela troca de passes, Tinga recebeu na entrada da área e bateu muito perto da trave defendida por Luis Carlos. Porém, a superioridade tricolor não foi suficiente para parar Assisinho. Aos 20 minutos, após bela jogada, o atacante alvinegro cruzou na área, e a bola sobrou para Ricardinho abrir o placar para o Vozão.

Com o jogo mais equilibrado, o Fortaleza passou a tentar retomar o forte ritmo que imprimiu no início da partida e, aos 36 minutos, conseguiu o empate. Vinícius Hess fez boa jogada pela esquerda, cruzou na área e o meia Daniel Sobralense cabeceou, encobrindo Luis Carlos e igualando o marcador. O gol empolgou o Tricolor, que continuou intenso. Dois minutos depois, Pio bateu de primeira, do meio da rua, mas a bola passou à direita da trave. Por pouco, o volante não marcou um golaço no Castelão.

No segundo tempo, o clima do clássico esquentou. Aos 11 minutos, o tempo quase fechou com um bate-boca entre Marcos Aurélio e Daniel Sobralense. O árbitro interviu e puniu os dois jogadores com cartão amarelo.

Dentro de campo, a partida ficou mais equilibrada, mas o Tricolor continuava criando as melhores chances. Aos 18, Pio acertou mais um chute de longe, parado por uma grande defesa de Luis Carlos. Dois minutos depois, o goleiro salvou o Ceará novamente, desta vez, defendendo uma cabeçada de Lúcio Maranhão.

O jogo ficou concentrado no meio de campo, e o grande número de faltas travou as ações de ataque. Até que, aos 41 minutos, o meia Maranhão, que entrou durante a partida, aproveitou sobra de cobrança de escanteio e acertou um forte chute, estufando a rede alvinegra e virando o placar para o Leão. Desesperado, o Vozão se lançou ao ataque em busca da manutenção do jejum de 13 jogos sem perder um Clássico-Rei. Aos 45, William Batoré aproveitou rebote de Deola e tocou por cobertura. Porém, o zagueiro Lima salvou em cima da linha, garantindo a suada vitória tricolor.

Guarany se garante na elite- Neste domingo, o Guarany de Sobral venceu o Horizonte por 1 a 0, em casa, e se garantiu na elite do Campeonato Cearense a duas rodadas do fim do Quadrangular do Descenso.

O resultado leva o Cacique do Vale aos 10 pontos, que não podem mais ser alcançados pelo 3º colocado, o Horizonte, que se complicou na competição e permanece com 3 pontos.