Gazeta Esportiva

Técnico de Camarões lamenta eliminação na Copa do Mundo, mas se diz orgulhoso por vitória sobre o Brasil

São Paulo, SP

02/12/22 | 18:42

Camarões conseguiu um resultado histórico ao vencer o Brasil nesta sexta-feira pela terceira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. Entretanto, mesmo com os três pontos, a seleção africana não conseguiu a classificação às oitavas de final. Após a partida, o técnico da equipe, Rigobert Song, lamentou a eliminação na competição, mas disse estar orgulhoso do feito de seus comandados.

"Como eu disse antes, somos uma equipe jovem, acredito que estamos adquirindo experiência. Hoje, lamentamos as oportunidades desperdiçadas e a derrota na primeira partida. Mas, estou bastante orgulhoso dos meus garotos, porque eles realmente mostraram ser guerreiros pelo que fizeram hoje. Essa é uma decepção, a gente aprende, mas saímos daqui maior", afirmou.

"Efetivamente, estou falando da jovem geração que temos hoje, pegando esse espírito de competidor. Hoje, eles demonstraram esse espírito, estou bastante orgulhoso deles. Ser eliminado faz parte do esporte. Poderíamos ter feito melhor, pensando mais no primeiro jogo, então a dor é um pouco maior", completou o treinador.


Técnico de Camarões agradece festa da torcida

Além disso, o comandante camaronês aproveitou para agradecer a presença da torcida de seu país no Mundial do Catar. Apesar do adeus ao torneio, os torcedores camaroneses fizeram festa no Estádio Lusail, em Doha.

"Falando agora para a torcida, penso que estavam, assim como nós, em passar para a próxima fase. Infelizmente não aconteceu, mas acredito que certamente estão conosco. Agradecemos a presença deles", finalizou.

Por fim, com o resultado, Camarões chegou aos quatro pontos no Grupo G e ficou atrás de Brasil e Suíça. A Seleção Brasileira, por sua vez, se classificou na liderança da chave, com seis pontos - empatada com os suíços, que avançaram na segunda colocação pelo saldo de gols.

Agora, pelas oitavas de final, o Brasil enfrenta a Coreia do Sul, às 16 horas (de Brasília) da próxima segunda-feira, no Estádio 974. No dia seguinte, a Suíça encara Portugal, também a partir das 16 horas, no Estádio Lusail.

Deixe seu comentário